DHL Express reajusta tarifas internacionais para 2011

Aumento geral médio de 4,5% a 6,5% valerá para os países das Américas em serviços internacionais. Reajuste entrará em vigor a partir do dia 1º de janeiro do ano que vem

DHL registra aumento de novos clientes durante greve dos Correios
DHL Express adota solução da NeoGrid para emissão de CT-e em operações internacionais
Deutsche Post DHL faturou 13 bilhões de euros no primeiro trimestre

A DHL Express anunciou nesta quinta-feira (16/9) o aumento geral médio das tarifas de 4,5% a 6,5% para os serviços internacionais realizados nos países das Américas.

A empresa ajusta suas tarifas anualmente, variando os preços de acordo com as condições de custo de cada um dos 220 países que a empresa opera. No Brasil, o aumento será entre 4,5% e 6,5%, combinado com uma redução de dois pontos percentuais na sobretaxa de combustível, o que resulta em um acréscimo líquido de 2,5% a 4,5%. Reajuste passa a valer no dia 1º de janeiro do ano que vem.

As tarifas praticadas em 2011 serão anunciadas após os estudos de custo.

COMMENTS