David José de Matos assume presidência dos Correios

O secretário-geral da Novacap tomou posse do cargo na manhã desta segunda-feira. Nova gestão quer modernizar a companhia

Correios farão teste de veículo elétrico para entrega de cartas e encomendas
Renault entrega 1.271 veículos Kangoo para os Correios
Correios querem abrir 105 vagas de trabalho para detentos

O novo presidente dos Correios, David José de Matos, tomou posse na manhã desta segunda-feira, 2 de agosto, no auditório do edifício-sede do órgão em Brasília. Matos substitui Carlos Henrique Custódio, exonerado do cargo na última quarta-feira, 28 de julho.

Além dele, Nelson Luiz Oliveira de Freitas e Eduardo Artur Rodrigues também assumiram a posse nas áreas de Recursos Humanos e de Operações, respectivamente.
O novo presidente, ligado ao PMDB, era o atual secretário-geral da Novacap – estatal do DF responsável pelas licitações de obras.

De acordo com o ministro das Comunicações, José Artur Filardi, os motivos para as mudanças na estatal são de ordem administrativa, e não política. Ele explica que a dificuldade em fazer licitações e de organizar concursos públicos foram os fatores que mais tiveram peso na decisão.

O objetivo principal da nova gestão será melhorar a qualidade de serviço da companhia e modernizá-la. O Palácio do Planalto espera, em médio prazo, que a área de logística dos Correios seja recuperada, permitindo a contratação direta e imediata de outras empresas. Subsidiárias podem ser criadas para atender os prazos do serviço Sedex.

Nos últimos anos a estatal sofreu com diversas greves. A última, em 2009, resultou no ano de menor lucro dos Correios durante o governo Lula, que, desde as últimas eleições sofre acusações a respeito da crise na companhia.

Demissões

A demissão de Carlos Henrique Custódio se deu meses após o acerto entre peemedebistas e a presidenciável Dilma Rousseff, embora tenha sido defendida anteriormente por ministros da área econômica. Os nomes exonerados também constavam na lista de recomendações dos ministros Erenice Guerra (Casa Civil) e Paulo Bernardo (Planejamento), responsáveis por um raio-x na empresa, entregue na semanada passada ao presidente Lula.

Por Marília Brandão – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS