Ferroeste e Trensurb discutem projetos ferroviários no Ministério dos Transportes

Presidentes da Ferroeste e da Trensurb discutem as medidas necessárias para que o estudo de viabilidade do Trem Pé-Vermelho e do Trem da Serra Gaúcha seja concluído no prazo previsto no acordo de cooperação técnica com a Universidade Federal de Santa Catarina

Transportes terrestres exigem revolução na área de recursos humanos
Gol faz promoção em rotas da Azul
Apresentado Projeto que deduz do IR despesas com pedágio

Os presidentes da Ferroeste, Samuel Gomes, e da Trensurb (Trens Urbanos de Porto Alegre), Marco Arildo Prates de Cunha, e o diretor de Relações Institucionais da Secretaria de Política Nacional de Transportes, Afonso Carneiro Filho, reuniram-se, nesta segunda-feira (10), na sede do Ministério dos Transportes, em Brasília, para discutir as medidas necessárias para que o estudo de viabilidade do Trem Pé-Vermelho e do Trem da Serra Gaúcha seja concluído no prazo previsto no acordo de cooperação técnica com a Universidade Federal de Santa Catarina.

As autoridades consideram que os estudos estão avançando na forma prevista e que será possível realizar a pesquisa de demanda ainda no mês de maio ou no início de junho, antes das férias escolares, tanto no Paraná, para o Trem Pé-Vermelho, como no Rio Grande do Sul, para o Trem da Serra Gaúcha.

Nesta terça-feira (11) ocorrerá uma reunião em Florianópolis, no Labtrans – Laboratório de Transporte e Logística da UFSC entre técnicos da Universidade, da Ferroeste e da Trensurb para finalizar o planejamento da pesquisa de campo e atender a solicitações da ANTT, órgão é responsável pela outorga para funcionamento de ambos os trens de passageiros.

“A Trensurb e a Ferroeste vieram ao Ministério dos Transportes para oferecer sua colaboração a fim de que o cronograma previsto seja cumprido. Tivemos a oportunidade de transmitir ao Ministério a grande expectativa das populações do Paraná e do Rio Grande do Sul com a retomada dos trens de passageiros em nossos Estados”, disse Samuel Gomes, diretor-presidente da Ferroeste.

O presidente da Trensurb, Marco Arildo Prates da Cunha, afirmou que a empresa federal que opera no Rio Grande do Sul está plenamente empenhada “para finalizar o estudo de viabilidade do Trem da Serra Gaúcha ainda neste semestre”.

Link para a matéria original

COMMENTS