Mesmo sem operação nacional, PRF recomenda cautela aos motoristas durante feriado

“Isso não impede que os estados que quiserem reforcem seu efetivo, mas usando recursos próprios”, afirmou

Comissão aprova nova regra para publicidade de promoção em voos
Postos de gasolina poderão ser obrigados a divulgar composição dos preços de cada tipo de combustível
Detran do ES promete apertar o cerco contra motorista infrator

A Polícia Rodoviária Federal decidiu não preparar operação nacional para controlar o movimento nas estradas durante esse feriado de Corpus Christi. Segundo o assessor nacional de Comunicação da PRF, inspetor Alexandre Castilho, isso se deve ao fato de o feriado ser em um dia de semana e a sexta-feira ser um dia útil.

“Isso não impede que os estados que quiserem reforcem seu efetivo, mas usando recursos próprios”, afirmou.

Castilho lembrou ainda que daqui a cerca de 15 dias começam as férias escolares, o que já vai exigir uma mobilização especial dos policiais rodoviários.

A PRF recomenda aos motoristas cautela nas rodovias e a verificação dos itens do veículo, especialmente freios e lanternas, por causa da época de chuvas e neblina. Castilho recomenda que, quando houver forte serração, o motorista aguarde em um local seguro antes de seguir viagem.

No ano passado, a Operação Corpus Christi da Polícia Rodoviária Federal mobilizou 9,7 mil policiais, 2 mil viaturas, dez helicópteros, 500 radares e 400 bafômetros para fiscalizar as estradas no feriado prolongado. Em todo o país, foram registrados 86 mortos e 867 feridos em 1.345 acidentes.

COMMENTS