Governo paulista entrega primeira etapa da Nova Marginal Tietê

Novas faixas de rolamento e viadutos prometem melhorar o trânsito na via mais congestionada da capital paulista, mas falta de sinalização confunde motoristas

CET cancela multas aplicadas na Marginal Tietê por falta de sinalização
Alckmin anuncia monitoramento por câmeras nas marginais em SP
São Paulo libera circulação dos VUCs em zona de restrição

A primeira etapa da Nova Marginal Tietê, que prevê a construção de novas faixas, pistas e viadutos em uma das vias mais congestionadas da cidade de São Paulo, foi entregue no último final de semana pelo Governo do Estado. A etapa pronta tem três faixas de rolamento em cada sentido da via, com a liberação da pista central ao tráfego.

As obras foram iniciadas no meio do ano passado e geraram alguns transtornos para o trânsito da cidade, com a interdição de importantes pontes. O projeto completo prevê 46 quilômetros de novas pistas, 23 em cada sentido, e 36 novos acessos no sentido Castello Branco e 25 no sentido Ayrton Senna.

Também estão sendo entregues, já realocadas, as alças de acesso de cinco pontes, prolongadas para permitir a passagem da nova pista central -Vila Maria, das Bandeiras, da Casa Verde, do Limão, e da Freguesia do Ó.

O viaduto que liga as avenidas Tiradentes e Santos Dumont à pista central da Marginal Tietê, parte do Complexo Bandeiras, teve a obra antecipada e também está sendo entregue ao tráfego nessa primeira etapa. Com isso os usuários poderão acessar diretamente a pista central, ganhando tempo e agilidade.

A segunda etapa de obras tem previsão de conclusão até o final de 2010. Consiste na construção de ponte estaiada sobre o Tamanduateí, que ligará a Avenida do Estado às pistas central e local sentido Ayrton Senna/Castello Branco, além dos complexos viários Cruzeiro do Sul e Tatuapé.

Em função da construção da ponte estaiada, um trecho de 1,8 km de pista adicional, entre as pontes da Bandeira e Casa Verde, será entregue na segunda etapa das obras.

O projeto está dividido em três trechos:

  • Trecho Cebolão / Rodovia dos Bandeirantes, com 8,2 km de extensão (4,1 km de cada lado) executado pela concessionária CCR Via Oeste / AutoBan
  • Trecho Viaduto da CPTM / Ponte do Tatuapé, com 30,4 km (15,2 km de cada lado) executado pela Dersa
  • Trecho Ponte do Tatuapé / Viaduto Imigrante Nordestino (início da Rodovia Ayrton Senna), com 3,5 km de extensão de cada lado, executado pela concessionária Ecopistas

Por: Leonardo Helou Doca de Andrade – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS