Novo pedágio na Rodovia Castello Branco já está em vigor

Rodovia tem redução de até 57% em três praças de cobrança, mas via expressa na região de Barueri e Osasco (SP) não terá mais opção de passagem sem o pagamento do pedágio. Novas tarifas e pedagiamento da via expressa fazem parte do Projeto Cebolão, que criou novos acessos à cidade de São Paulo, com a promessa de melhor fluidez no trânsito

MAN Latin America conclui testes com diesel de cana
Deputado paulista entra com representação contra a cobrança de pedágio no Rodoanel, que começa nesta quarta
Contran acaba com tormento sobre cor predominante

A Rodovia Castello Branco (SP-280), principal via de ligação da Capital paulista com a região Oeste do Estado, tem novas tarifas de pedágio na entrada de São Paulo desde a zero hora de domingo, dia 17 de janeiro. De acordo com a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), as praças de cobrança dos quilômetros 33, 20 e 18 da rodovia terão redução nas tarifas cobradas aos usuários em até 57%.

Em contrapartida, a via expressa da Castello Branco na região de Osasco e Barueri, que era uma opção para os motoristas trafegarem sem o pagamento do pedágio, passarão a ter a cobrança, acabando com a alternativa. Na praça de cobrança do quilômetro 30, em Itapevi (SP), o preço do pedágio cai de R$ 11,20 para R$ 5,60. As praças da via marginal terão tarifa de R$ 2,80.

A ViaOeste, concessionária que administra a rodovia, realizou obras de readequação dos acessos da Castello Branco para as Marginais Pinheiros e Tietê, na iniciativa batizada de Projeto Cebolão. A reconfiguração do Complexo Cebolão inclui a nova ponte construída sobre o Rio Pinheiros (sentido Castello às marginais) e melhorias viárias na Marginal Tietê. Com a ponte os usuários que seguem da rodovia Castello Branco para a Marginal Tietê dispõem de mais duas faixas, além das três já existentes. As conexões da pista expressa da Castello Branco com a pista expressa da Marginal Tietê e da via local da Castello Branco com a via local da Marginal Tietê também garantem maior fluidez ao tráfego. A obra beneficia cerca de 100 mil usuários/dia da rodovia Castello Branco que acessam as marginais Tietê e Pinheiros.

A obra inclui a implantação de ponte com 581 metros de extensão, a recuperação das três pontes existentes, totalizando 1.242 metros de extensão, a recuperação de pavimento e aplicação de massa asfáltica, além da instalação de barreira acústica e de 340 postes de iluminação.

Novo Trevo de Jandira

A ampliação do trevo localizado no km 32 (Jandira) da rodovia Castello Branco elimina os congestionamentos que ocorriam devido ao cruzamento feito pela rotatória. O viaduto sobre a rotatória possibilita ganho de fluidez e maior segurança aos usuários. A obra inclui a implantação de três viadutos (Jandira/Itapevi-Aldeia da Serra, Jandira/Itapevi-São Paulo e Castello Branco-São Paulo), a implantação de faixa adicional na Castello Branco, de passarela sobre os ramos do trevo e de um túnel sob a Castello Branco para passagem de pedestres. Além disso, foram construídos muros de contenção e passeio em concreto para pedestres, e instaladas defensas metálicas, barreira rígida, sinalização vertical e horizontal, iluminação e sistema de drenagem.

Por: Leonardo Helou Doca de Andrade – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS