Redução do IPI garante maior arrecadação ao governo

Opinião é do especialista do Cenofisco (Centro de Orientação Fiscal), Sebastião Guedes

População ainda não sabe transportar crianças de maneira segura, alerta Denatran
Ford recicla plástico e reduz custos
Grupo Continental lança software de leitura de tacógrafo

“A redução do IPI assegura ao governo federal uma maior arrecadação, uma vez que o volume de vendas gera um maior recolhimento em relação ao que poderia ser verificado sem a desoneração do setor, sobretudo o automotivo”, revela o gerente da consultoria tributária do Cenofisco – Centro de Orientação Fiscal, Sebastião Guedes.

O gerente do Cenofisco comenta o decreto nº. 6.890 publicado hoje, 30, no Diário Oficial da União, que diz respeito à prorrogação da isenção do IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados para veículos, eletrodomésticos, material de construção e bens de capital.

Além da prorrogação do corte do IPI, foi feito um acordo com as empresas para que não haja demissões durante o período de vigência das medidas.

COMMENTS