Deracre define limites de PBT para caminhões que circulam na BR-364

Regra vale para veículos que utilizam trecho entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul, municípios do Estado do Acre

Infraero reinicia obras de recuperação da pista do aeroporto de Rio Branco (AC)
Deracre inicia etapa final de recuperação da rodovia AC-10
Entrada de caminhões no Estado do Acre é retomada parcialmente

acre-pesagem-ptb

Foram definidos limites de carga para a circulação de veículos pesados na BR-364 no trecho entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul, no Estado do Acre. Nova regra foi publicada pelo Deracre (Departamento Estadual de Estradas de Rodagem), na edição do Diário Oficial do Acre do dia 8/7.

Segundo o diretor-geral do Deracre, Ocírodo Júnior, diz que a decisão de limitar a circulação de veículos de carga pela BR-364 foi tomada pelo governo do Estado e pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte). A medida visa prevenir os transtornos causados pelas chuvas em todo o Acre.

“Tem chovido muito no trecho entre Feijó e Cruzeiro do Sul, e isso dificulta o nosso trabalho. As máquinas estão trabalhando e nós vamos cumprir o cronograma”, afirmou.
A portaria n° 706/20 estabelece que os veículos de carga devam obedecer aos seguintes limites de PBT (Peso Bruto Total):

• Caminhões leves tipo 3/4: 9.000 Kg;
• Caminhões 2 eixos (toco): 15.000 Kg;
• Caminhões Truck 3 eixos: 22.000 Kg.

Os veículos com carga acima dos limites de peso estipulados serão retidos e só poderão seguir viagem mediante a retirada da carga correspondente ao peso excedente. O controle de peso será efetuado pelos fiscais do Deracre nos pontos de pesagem ao longo da BR-364.

Os limites estabelecidos passam a vigorar a partir da publicação da portaria e podem ser interrompidos ou estendidos conforme alteração das condições climáticas ou decisão superior.

COMMENTS