Expresso Mirassol anuncia joint venture com LSI Logística para oferecer soluções integradas ao mercado

União das operações das empresas possibilitará a oferta de serviços logísticos desde o transporte de cargas até a logística in house. Empresas têm planos de faturar R$ 250 milhões juntas em 2009 e R$ 500 milhões em 2012

Pesquisa mostra que caminhoneiro brasileiro ganha pouco, trabalha muito e dirige veículos velhos
Volvo comemora resultados e poderá trazer nova marca de caminhões
Greve termina e ANTT muda regras do jogo

O Expresso Mirassol, transportadora paulista com mais de 60 anos de mercado, e a LSI Logística, braço de serviços logísticos in house do Grupo Manserv, anunciaram recentemente a união das operações das duas empresas em uma joint venture que, de acordo com os diretores das companhias, oferecerá ao mercado um conjunto de soluções logísticas integradas que poderá trazer otimização de custos e união de expertises com diferenciais únicos ao mercado.

De acordo com Celso Rodrigues Salgueiro Filho, diretor do Expresso Mirassol, a união das empresas possibilitará a entrada em novos nichos de mercado e juntará o que cada uma faz melhor para atender aos clientes. “Queremos ser reconhecidos no mercado como provedores de soluções integradas”, diz Salgueiro.

Juntas, Expresso Mirassol e LSI Logística planejam faturar R$ 250 milhões em 2009, com previsão de dobrar este faturamento para 2012. “Esta união nos ajudará a agregar valor em nossos serviços para disponibilizar soluções em toda a cadeia produtiva, desde o transporte, passando pelo armazenamento, até a alimentação das linhas de produção”, revela Adolfo Pimentel, diretor da LSI Logística.

“Os serviços oferecidos pelo Expresso Mirassol complementam aqueles que a LSI Logística oferece e este aspecto faz com que a joint venture seja uma ação muito interessante para o mercado. Poderemos oferecer serviços de logística in house aos nossos clientes e a LSI poderá oferecer o transporte e a logística externa para os seus”, complementa Celso Salgueiro Filho.

Investimentos

Para dar vazão ao planejamento das duas empresas, a joint venture Mirassol-LSI estima investir um total de R$ 150 milhões na construção e estruturação de locais de armazenagem, Centros de Distribuição, tecnologia, ampliação e renovação de frota e equipamentos de movimentação de cargas.

“Esta joint venture entre o Expresso Mirassol e a LSI Logística já vem sendo estudada há meses, antes mesmo de a crise internacional eclodir em todo o mundo, e os perfis das duas empresas eram tão semelhantes e complementares que a união tornou-se viável em pouco tempo. Em 2008, as empresas faturaram exatamente a mesma quantia e os planos de crescimento da Mirassol e da LSI são muito parecidos”, diz Luiz Carlos de Faria Júnior, gestor Comercial Corporativo do Expresso Mirassol.

COMMENTS