Vistoria de rodovias privatizadas deve ser concluída esta semana

Algumas rodovias ainda não concluíram a construção das praças de pedágio, por causa de atrasos nas desapropriações

Contran define calendário para instalação de sistema antifurto
Polícia Rodoviária faz teste do bafômetro com caminhoneiros em todo o país
Navegantes atingirá 1 milhão de contêineres

Brasília – A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deve concluir até o final da semana a vistoria de seis dos sete lotes da segunda etapa de concessão de rodovias. O prazo para que as empresas finalizem os trabalhos iniciais, que incluem a eliminação de problemas emergenciais nas estradas, termina na próxima sexta-feira (15). Apenas depois da aprovação da agência as concessionárias poderão começar a cobrar pedágio.

Segundo a assessoria de imprensa da ANTT, algumas rodovias ainda não concluíram a construção das praças de pedágio, por causa de atrasos nas desapropriações. Nesses casos, a cobrança do pedágio não será autorizada.

Os lotes vistoriados são os da BR 153, na divisa de Minas Gerais com São Paulo e divisa de São Paulo com Paraná; BR 116 em Curitiba e divisa de Santa Catarina com Rio Grande do Sul, BR 101 na divisa do Rio de Janeiro com o Espírito Santo e na Ponte Presidente Costa e Silva, BR 381 em Belo Horizonte e São Paulo (Fernão Dias), BR 116 em São Paulo e Curitiba (Regis Bittencourt) e as BRs 116, 376 e 101 em Curitiba e Florianópolis.

O Lote 3, referente à BR 393 na divisa entre Minas Gerais e Rio de Janeiro e no entroncamento da BR 116 (Via Dutra), que teve o resultado do leilão homologado em data posterior a dos demais lotes, terá mais um mês para realizar os trabalhos iniciais.

Sabrina Craide

Link para a matéria

COMMENTS