Volvo oferece ao mercado caminhões FH preparados para rodar com 100% de biodiesel

Volvo oferece ao mercado caminhões FH preparados para rodar com 100% de biodiesel

Veículos devem ser encomendados sob consulta à fábrica e precisam ser autorizados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP)

Iveco avança com entregas de ônibus para o Caminho da Escola
Vendas aquecem na Librelato em fevereiro
Embraer celebra meio século de história

A tendência do mercado por combustíveis alternativos tem feito com que alguns fabricantes de caminhões trouxessem projetos para rodar com energias diferentes do diesel fóssil. Exemplos disso são os projetos movidos a eletricidade, gás natural veicular e biodiesel.

O biodiesel, proveniente de fontes renováveis, principalmente o vegetal, é uma alternativa viável ao diesel comum e a Volvo acaba de anunciar que vai oferecer ao mercado brasileiro seu caminhão extrapesado FH capaz de rodar com o B100, o combustível com 100% de biodiesel.

Na prática, é o mesmo caminhão, mas com algumas alterações no motor, nos tanques e no sistema de emissões e pós-tratamento, já que o B100 tem propriedades diferentes do diesel proveniente do petróleo. Nos tanques, existem novas mangueiras, tubulações, conexões e vedações, assim como no motor.

O catalisador e o filtro de material particulado, segundo a Volvo, também são diferentes na versão B100 do FH. na parte eletrônica e tecnológica, as diferenças estão nos sensores para detecção da mistura do combustível e nos programas, ou softwares, de injeção de combustível e do controle de emissões. Por fim, existe também uma grande diferença na homologação das emissões dos caminhões.

Pedidos precisam de avaliação da Volvo

A Volvo divulgou que oferece os FH B100 sob consulta e a comercialização está condicionada a uma análise prévia da engenharia da fábrica. Outra exigência para a compra deste tipo de caminhão está na autorização da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), pois o biodiesel 100% não está disponível comercialmente para uso em veículos no País.

Ainda segundo a Volvo, o caminhão movido a B100 foi um pedido de clientes que têm sua própria estrutura de produção de biodiesel. “Ainda é um volume restrito de clientes. Mas estamos empenhados em garantir mais uma possibilidade de utilização de biocombustível, em linha com nossa visão de contribuir para a descarbonização dos transportes. Veículos comerciais abastecidos exclusivamente com Biodiesel reduzem entre 30% e 70% as emissões de CO2, dependendo do tipo de matéria-prima usada para produzir o combustível”, comenta Alcides Cavalcanti, diretor executivo da Volvo Caminhões

Além de consulta prévia e aprovação da engenharia da Volvo, o uso do B100 é restrito aos veículos fabricados para essa especificação. Não é possível usar Biodiesel 100% em caminhões que não tenham sido produzidos para isso. As versões regulares dos veículos estão preparadas para uso com o diesel S10 padrão disponível no País.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte todos os dias na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS