Novos caminhões Mercedes-Benz Euro 6 chegam com 8% de economia no diesel

Novos caminhões Mercedes-Benz Euro 6 chegam com 8% de economia no diesel

Fabricante reformulou todas as suas linhas de motores e modelos de caminhões com novidades em potência, transmissão e acabamentos

Banco Mercedes-Benz registra quase R$ 20 bilhões em negócios
Juiz de Fora (MG) reforça atuação da Mercedes-Benz na América Latina
Mercedes-Benz anuncia novidades focadas na sustentabilidade ambiental, econômica e social

A Mercedes-Benz antecipou suas novidades para o mercado brasileiro de caminhões de 2023 e apresentou sua nova linha de veículos com motorização Euro 6, desde os leves e médios Accelo, passando pelo Atego e chegando aos pesados e extrapesados Actros e Arocs. Nos motores mais potentes, a promessa é de economia de diesel de até 8% em relação aos caminhões da geração atual.

O grande destaque das novas famílias de caminhões da Mercedes é a nova linha de motores, que inclui os modelos OM 924 LA, OM 926 LA, OM 460 LA e a nova geração do OM 471 LA de até 530 cavalos de potência.

A fabricante também destacou a chegada de suas novas transmissões automatizadas, batizadas de PowerShift Advanced, que prometem otimização do comando de embreagem e redução de 40% no tempo de acoplagem, trazendo trocas de marchas mais precisas e mais rápidas. O pedal do acelerador também ganhou mais sensibilidade para facilitar manobras e arrancadas, evitando trancos na transmissão do caminhão.

“Todos os caminhões do novo portfólio asseguram redução de 80% nas emissões de Óxidos de Nitrogênio e menos 50% nas de Material Particulado em relação ao Proconve P7 (Euro 5). A Mercedes-Benz nunca deixou de apresentar soluções e inovações para o mercado nos 66 anos de sua história no Brasil e isso mais uma vez está evidente com o BlueTec 6 e a nova linha 2023. Nossa empresa sempre esteve na vanguarda do desenvolvimento de caminhões, o que também ocorreu com o portfólio de ônibus, lançado em setembro na feira LatBus, em São Paulo. Nossos clientes podem contar com a qualidade e a confiabilidade com as quais estão acostumados, tanto dos veículos, quanto do suporte especializado de pré e de pós-venda que sempre entregamos ao mercado. ”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Vamos conferir as novidades família por família:

Caminhões Accelo mais potentes

A família Accelo, de caminhões leves e médios da Mercedes-Benz, ganha nova nomenclatura e motor mais potentes em suas três opções de modelos: os leves Accelo 817 e 1017 e o médio 1317 6×2. A nova versão do motor com 163 cavalos do OM 924 LA, além de ganhar 5% mais potência, chegou a um torque de 610 Nm para mais agilidade no trânsito e nas rodovias.

Segundo a Mercedes-Benz, este motor não utiliza o sistema EGR, de recirculação de gases, e traz câmbio manual com trambulação a cabo ou automatizado de 6 marchas Mercedes-Benz G70 com embreagem com auxílio pneumático. Ela reduz o esforço do motorista no pedal em até 45%.

Por fora, o novo Accelo 2023 traz novo espelho auxiliar, espelho frontal de aproximação e DRL (luz diurna de rodagem) de LED. Por dentro, as novidades são a nova coluna de direção ajustável em 13 graus, o novo revestimento do teto, o tacógrafo no teto e um espaço adicional para equipamentos, tanto no teto, quanto no painel, que tem display digital de 10,4 polegadas novo, teclas de navegação, controle eletrônico de levantamento do 3º eixo e a alavanca do câmbio automatizado.

Os caminhões Accelo chegam ao mercado com pacote de segurança ampliado, com controle de estabilidade (ESC), luzes de frenagem de emergência e auxílio de partida em rampa de série. O piloto automático é opcional no modelo 1317 6×2.

Novos modelos médios e semipesados Atego

Na linha Atego o motor OM 926 LA de seis cilindros com a nota tecnologia Euro 6 oferece também potências aumentadas, com versões de 260, 286 e 321 cavalos, mudando o nome de diversos modelos, como os Atego 1733 (atual 1730), 2429 6×2 (atual 2426), 2433 6×2 (2430) e 3033 8×2 (substitui o 3026 e o 3030 8×2). Na versão de quatro cilindros, o motor OM 924 LA segue com potência de 185 cavalos.

Nesta família de caminhões a Mercedes introduziu os novos câmbios automatizados PowerShift Advanced G140 de 8 marchas e G211 de 12 marchas como itens de série nos modelos 6×2 e 8×2. Os caminhões Atego 1419 e 1719 4×2 passam a ser equipados com o novo câmbio manual G90 de 6 marchas e com eixo traseiro Meritor 23.245 de 2 velocidades.

Na aplicação de transporte de bebidas, uma das mais populares do segmento, o Atego oferece um entreeixos específico, facilitando a implementação da carroçaria. Outra importante novidade é que o Atego 3330 8×4 off-road, nas versões plataforma, basculante e betoneira, recebe segundo eixo dianteiro com suspensor levantado por cabos.

Por dentro, o Atego 2023 Euro 6 traz novo volante multifuncional, novo painel de instrumentos com display digital, alavanca do câmbio automatizado na coluna de direção e immobilizer com trava integrada aos sistemas de porta e chave. Além disso, o Atego ganha sistema de partida do veículo por botão. Por fora, o caminhão tem novo espelho frontal de aproximação com aquecimento e pelo DRL (luz diurna de rodagem) de LED.

As tecnologias de segurança do Atego incluem ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade) nas versões 4×2 e 6×2, luzes de frenagem de emergência (ESS), auxílio de partida em rampa (HSA) na versão com câmbio automatizado e piloto automático. Além disso, o Atego já dispõe de itens como ABS, ASR e EBD.

Os novos poderosos Actros

Na linha de pesados e extrapesados Actros aconteceram as maiores mudanças e novidades. A primeira delas é o lançamento da cabine Space, versão menor, mais econômica, com suspensão metálica e painel analógico. Com isso, o comprador pode contar com duas opções de cabine: a que ele já conhece da linha atual, Top Space, e a nova cabina Space, permitindo à Mercedes-Benz atender a novas aplicações com o Actros, incluindo transporte de veículos e operações em docas mais baixas em centrais de distribuição.

Além disso, os caminhões Actros passam a ter nova opção de entreeixos mais curto, de 3.250 mm, disponível para os modelos 6×2 e 6×4.

Um novo coração poderoso

Quando o assunto é motor Euro 6, a linha Actros ganha um propulsor de respeito: a terceira geração do motor OM 471 LA da Mercedes-Benz tem 530 cavalos de potência, alta eficiência no consumo de diesel e novo turbocompressor com novo sistema de pós-tratamento. Segundo a Mercedes-Benz, este motor conta com uma injeção de alta pressão de diesel para queima otimizada e permite uma economia de até 8% no combustível, em comparação com o Actros atual.

Este motor também permitiu a implementação do freio-motor de alta performance, com 560 cv de potência de frenagem, menores índices de ruído e vibração. O retarder é opcional.

Também no Actros, está disponível o motor Mercedes-Benz OM 460 LA, de 495 cavalos de potência e sem EGR. O eixo traseiro do Actros, o New Final Drive (NFD), passa a utilizar novos magnetos nos eixos, aumentando em 20% a vida útil do óleo lubrificante. Mais leve, o NFD resulta em menor tara do caminhão, aumentando a capacidade de carga líquida.

Segunda geração do MirrorCam

A evolução do sistema de câmeras e telas que substituem os espelhos retrovisores chegou em abril deste ano à Europa e já está no Brasil. Junto com os novos Actros, a Mercedes-Benz apresentou a segunda geração do sistema MirrorCam, que consegue oferecer ainda mais visibilidade e suporte ao motorista. As câmeras agora têm um braço 10 centímetros mais curto, economizando material e diminuindo o arrasto e fazendo com que o “braço” da câmera agora não se projete além do espelho do meio-fio, que está à vista dos motoristas.

Por dentro, o Actros traz a opção de painel de instrumentos digital com tela principal de 12 polegadas, para a cabina atual Top Space, e o painel analógico da versão Space. Os bancos pneumáticos são nacionais, com revestimento de tecido e vinil, e o novo conjunto ótico de faróis em LED, opcional, oferece maior luminosidade.

O cliente Actros pode escolher como opcionais freio a disco, tanque de combustível de 720 litros e Arla com aquecimento. Além disso, os caminhões Actros já são preparados para ativar os sistemas de gestão de frota FleetBoard e os serviços do Mercedes-Benz Uptime.

Segurança

O Actros Top Space, linha atual, sai de fábrica com 16 itens de série de avançada tecnologia: ABA 5 – Active Brake Assist (assistente ativo de frenagem), Side Guard Assist (assistente de ponto cego), Attention Assist (assistente de fadiga), assistente de parada Hold, ESC (controle eletrônico de estabilidade), piloto automático adaptativo com limitador de velocidade, Proximity Control (assistente ativo de proximidade), EBS, ASR, ABS, sensor de chuva e iluminação, alarme de ré com luzes intermitentes, Lane Warning System (sensor de faixa de rolagem), Hill Holder (auxílio de partida em rampa, HSA), farol para auxílio em manobras e farol alto inteligente.

Os gigantes Arocs

A linha de extrapesados Arocs, lançada no ano passado com a versão basculante 8×4, ganha dois novos modelos fora de estrada: Arocs 3351 6×4 versões Plataforma, Basculante e Cavalo Mecânico e Arocs 4151 6×4 Basculante.

Os caminhões usam o motor OM 460 LA agora com potência de 495 cavalos com desempenho potencializado pela nova transmissão automatizada PowerShift Advanced, que permite deslocamentos e acelerações mais rápidos e suaves.

Os modelos da linha Arocs 2023 passam a contar, opcionalmente, com o sistema ESC (Controle de Controle de Estabilidade), que proporciona mais segurança nas manobras em curvas acentuadas e em terrenos irregulares. Isso aumenta a proteção do motorista, do caminhão e da carga. Também como opcionais para esses caminhões off-road, estão disponíveis faróis com luzes de LED e airbag.

Os caminhões Arocs ganharam novos bancos pneumáticos nacionalizados, mais ergonômicos e com 11 possibilidades de regulagens, disponibilidades de 2 apoios de braços com regulagens de altura, além de cinto de segurança integrado ao banco e com regulagem de altura.

Outros itens de destaque para os caminhões Arocs: tanque de plástico, tomada de ar com ciclonizador, o que melhora a vida útil do filtro, e pré-filtro multilayer, com os mesmos intervalos de troca atuais.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte todos os dias na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS