Scania promete mais 5% de economia no diesel com novo acelerador nos caminhões

Scania promete mais 5% de economia no diesel com novo acelerador nos caminhões

Dispositivo se soma ao Acticruise, ao novo motor, mais eficiente, e às características aerodinâmicas dos caminhões da linha 2021 da marca

Anfir quer taxas de juros em 12% para aquecer vendas em 2016
ANTT poderá não multar o uso da carta-frete por prazo educativo
Foton Caminhões torna-se filiada à AEA

Em busca da maior eficiência energética que a engenharia possa permitir, a Scania acaba de anunciar mais uma ferramenta de economia de combustíveis em sua atual geração de caminhões. A geração, lançada em 2018, chegou prometendo beber menos diesel do que os já econômicos caminhões da linha Streamline e, ao longo dos últimos dois anos e meio, ganhou tecnologias e ferramentas para uma economia de 15% no diesel.

Este número é o resultado da economia proporcionada pelo novo motor, que tem injeção multiponto de alta pressão, pelo design da cabine, com linhas que permitem menor resistência do ar, e por tecnologias como o Acticruise, que gerencia as descidas e retomadas para poupar combustível.

Mais eletrônica

Agora, a fabricante adiciona cinco pontos percentuais a esta conta, que chega a 20% de promessa de economia de diesel nos caminhões da linha 2021/2022. Como? Com mais eletrônica. A ferramenta se chama Acelerador Inteligente Scania e consiste em um sistema que analisa o peso do caminhão e a posição do pedal do acelerador, por meio de sensores eletrônicos. Ele também “lê” o deslocamento do veículo e permite somente acelerações que não sejam bruscas, que causem desperdício de combustível. No modo kickdown, quando o motorista pisa fundo no acelerador, o caminhão entrega o torque necessário, desativando o Acelerador Inteligente, que volta a funcionar quando a pressão sobre o pedal é aliviada.

“O acelerador inteligente está disponível para todos os caminhões da nova geração Scania, incluindo os fora de estrada. Esta é a melhor máquina de economia de combustível da história da Scania. Com o acelerador inteligente subimos a um patamar que nos distancia ainda mais da concorrência. Com as margens do custo do transporte cada vez mais apertadas será um diferencial substancial na sustentabilidade do negócio. O cliente vai comprovar uma rentabilidade nunca antes vista no mercado”, diz Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil.

Economia verde

Além de aliviar o bolso do operador, rodando com menos diesel, o sistema também promete ajudar a Scania a cumprir sua meta de reduzir em 20% as emissões de CO2 de seus veículos em circulação até 2025. Esta meta foi firmada em um compromisso firmado com o Science Based Target, comitê global que estipula indicadores de redução de emissão de gases do efeito estufa conforme a atividade da empresa. “A economia de diesel é essencial para a saúde financeira das empresas de transporte, além de contribuir significativamente com o planeta e a sociedade ao reduzir as emissões de gases poluentes”, completa Munhoz.

Palavra de engenheiro

O gerente de Pré-Vendas da Scania no Brasil, Paulo Genezini, explica que o acelerador inteligente é ideal para situações de viagem com alta frequência de mudanças na velocidade do caminhão, com tráfego intenso e em veículos que não estejam completamente carregados ou estejam rodando vazios. “O efeito será um pouco reduzido em rotas onde existam velocidades constantes, de cruzeiro. Ou seja, quanto mais variações na rota maior será sua atuação automática. O motorista vai sentir rapidamente a diferença desse grande benefício”, explica o executivo.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS