Aeroporto de Guarulhos (SP) recebe certificação para operar sistema de pousos inédito no Brasil

Com o ILS Categoria III-A, unidade está apta a executar procedimentos de aproximação e pouso por instrumentos em baixas condições de visibilidade e teto

Infraero e Centurion Cargo podem ter que arcar com prejuízos em Viracopos (SP)
Lufthansa recebe prêmio por inovações que agilizam embarque de passageiros
ANAC renova concessão da TAM por mais dez anos

cumbica

A administração do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) anunciou nesta semana que obteve certificação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para operar o Sistema de Pousos por Instrumentos ILS (Instrument Landing System) Categoria III-A.

Com isso, fica assegurado que a infraestrutura instalada possibilita a execução de procedimentos de aproximação e pouso por instrumentos em baixas condições de visibilidade e teto, por tripulações e aeronaves capacitadas.

O aeroporto é o primeiro do Brasil com a categoria. Galeão, no Rio de Janeiro, e Afonso Pena, em São José dos Pinhais, também contarão com o sistema futuramente.

Até junho deste ano, o aeroporto operava com o ILS-Categoria II, que permitia pousos com visibilidade de até 400 metros. Agora, com a versão Categoria III-A, as aeronaves poderão pousar com visibilidade de até 200 metros e sem teto (zero metro).

Com o ILS-Categoria III-A, os parâmetros mínimos de teto e visibilidade ficam alterados, possibilitando uma menor restrição às aeronaves e às tripulações capacitadas, diminuindo, assim, a necessidade de alternar voos para outras localidades.

COMMENTS