Porto Chibatão (AM) passa a adotar agendamento eletrônico de caminhões

Método será implementado, a princípio, para a entrega de contêineres e, posteriormente, para os recebimentos da unidade portuária

São Paulo aprova lei que proíbe taxa de agendamento de entrega
Porto de Santos quer reorganizar ligação intermodal com agendamento ferroviário
Porto de Santos (SP) deve adotar modelo de agendamento para a chegada de trens

chibatao2012-2

O Grupo Chibatão, administradora do Porto Chibatão, quer melhorar o escoamento de cargas do Polo Industrial de Manaus (AM), evitando filas de caminhões e congestionamentos na área portuária da capital com um sistema de agendamento eletrônico para a entrega de contêineres aos seus clientes. O procedimento começa a funcionar no dia 7/7.

Chamado pela sigla SAE (Sistema de Agendamento Eletrônico), o método será implementado, a princípio, para a entrega de contêineres e, posteriormente, para os recebimentos do porto. O sistema deverá funcionar de maneira similar ao que existe no porto de Paranaguá (PR), que já utiliza uma rede eletrônica de agendamento, impedindo o acesso de caminhões que não agendaram sua entrada no terminal.

“Cada transportador terá acesso ao Sistema Webservice (Modallweb), o mesmo utilizado para cadastro de pedágios eletrônicos, consultas de unidades e programação de navios. Ao acessar o SAE, o transportador poderá visualizar todas as unidades que foram agendadas bem como realizar agendamento para entrega ou coleta escolhendo o horário disponível para atendimento que consiste em intervalos de 1 hora em 1 hora, das 7h as 23h59”, comenta o diretor-executivo geral do Grupo Chibatão, Jhony Fidelis.

COMMENTS