Arxo amplia participação no Brasil e exterior com novas unidades

Empresa projeta faturar R$ 1 bilhão em 2025; no ano passado, montante foi de aproximadamente R$ 144 milhões

ARXO anuncia três novas unidades no Brasil e Paraguai
Arxo passa a empregar cabotagem para reduzir custo de transporte
Arxo entrega tanque com 200 mil litros de capacidade para a Ambev

arxo-caminhao-tanque

A Arxo, companhia de soluções em infraestrutura para os mercados de combustível e indústria, projeta faturar R$196 milhões em 2015, sendo R$ 172 milhões provenientes do setor de combustível e R$ 24 milhões da indústria.

A previsão é atingir faturamento anual de R$ 1 bilhão em 2025. Segundo a empresa, o resultado será possível graças ao início das operações da nova fábrica de Vitória de Santo Antão, na Grande Recife (PE), a construção de uma unidade em Araguari (MG) e outra no Paraguai, além de investimentos em novas matérias-primas e processos.

“A estratégia para crescer será investir na expansão da infraestrutura com a abertura de novas unidades localizadas em pontos estratégicos do país e da América do Sul e processar 20 mil toneladas de aço”, diz Cidemar Dalla Zen, diretor Comeial e de Marketing da companhia.

Em 2014 houve um faturamento de aproximadamente R$ 144 milhões. A previsão inicial era faturar R$ 153 milhões, mas a meta foi reduzida para R$ 135 milhões em julho.

“Tivemos um crescimento considerando o cenário brasileiro de desaceleração da indústria nacional”, destaca Cidemar. “A notícia boa é que alguns dos investimentos em aviação previstos para 2014 se confirmaram para 2015, a exemplo do contrato firmado com a Petrobras no valor de R$ 85 milhões para a fabricação de 80 caminhões tanques de abastecimento”, destaca o executivo.

COMMENTS