Curso para motofretista abre 150 vagas em SP

Qualificação profissional passou a ser obrigatória e fiscalização começará em agosto de 2012

Azul oferece nova frequência entre MG e SP
Azul comemora a marca de 15 milhões e presenteia cliente
PPW Brasil adere ao projeto de sustentabilidade Participe & Recicle

O Governo do Estado de São Paulo lançou, por meio da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (Sert), 150 vagas no curso de Qualificação Profissional para Motofrete. As aulas serão lecionadas na cidade de Santo André, no ABC paulista.

O curso é oferecido pelo Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) e gerenciado pela Sert. Destinado a homens e mulheres, ele tem duração de 30 horas e será ministrado pelo SEST/SENAT. A grade curricular aborda Ética e cidadania na atividade profissional, Noções básicas de legislação, Gestão do risco sobre duas rodas, Segurança e saúde, Transporte de pessoas ou Transporte de cargas e Prática veicular individual específica (carga ou pessoas).

Importante lembrar que, em 2010, o CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) estabeleceu a Resolução nº 350 que institui o curso de motofrete como obrigatório para os profissionais da área. A fiscalização será iniciada em de agosto de 2012.

COMMENTS