Dnit assina acordo de R$ 270 mi para modernização da hidrovia Uruguai-Brasil

Parceria tem como objetivo desenvolver tráfego hidroviário local e triplica a quantidade de mercadoria transportada em cinco anos

Delta e Virgin avançam em acordo por sociedade
Trechos norte do Rodoanel e Ferroanel de SP terão mesmo traçado
Agricultores cadastrados no Mais Alimentos poderão financiar implementos com mais facilidade

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), por meio de sua Diretoria de Infraestrutura Aquaviária, firmou, na quinta-feira (16), um protocolo de cooperação técnica e financeira com a Secretaria de Infraestrutura do Rio Grande do Sul (SEINFRA/RS) e com a Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH/RS). A parceria entre os órgãos visa a modernização da hidrovia Uruguai-Brasil, em seus aspectos técnicos de dragagem, sinalização, balizamento e instrumentação.

Com investimento de R$ 270 milhões, o projeto pretende desenvolver o tráfego hidroviário local, passando de 6 milhões de toneladas ao ano para 17,5 milhões em um prazo de cinco anos. Entre as ações previstas estão a recuperação do parque de dragagem da SPH; a dragagem, sinalização e balizamento dos rios Jacuí, Taquari, Gravataí, Sinos, Caí, lago Guaíba, lagoa dos Patos, Lagoa Mirim, Rio Jaguarão; acessos aos futuros terminais portuários de Guaíba, Tapes, Palmares do Sul e outros portos hidroviários que o estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental (EVTEA) apontar como necessário.

Além disso, também serão construídos terminais de contêineres em Estrela, Porto Alegre e Rio Grande, dedicados a navegação interior, criando assim mais uma moderna modalidade de transporte de cargas no Rio Grande do Sul.

COMMENTS