UPS estende programa de neutralização de CO2

Agora o Brasil e mais 34 países das Américas, Ásia e Europa também podem optar pelo serviço de compensação de emissão de carbono da UPS pagando taxas adicionais. O serviço, que já funcionava nos EUA, deve faturar US$ 1 milhão até o final deste ano

Correios escolhem Miami (EUA) para instalar primeiro escritório no exterior
Presidente da Braspress recebe título de Cidadania Honorária de Contagem (MG)
Braspress investe R$ 33 milhões em Tecnologia da Informação

A operadora de remessas expressas UPS lançou em outros 35 países, inclusive no Brasil, o serviço de neutralização de carbono (UPS Carbon Neutral) que a empresa já oferecia nos EUA. Nesse serviço, o cliente tem a opção de pagar uma taxa extra para que seja feito o cálculo das emissões de carbono na realização da operação, e o resultado da emissão seja compensado.  O novo serviço começa a operar a partir do dia 12 de julho.

No Brasil, as taxas variam entre US$ 0,20 para remessas domésticas e US$ 0,75 para remessas internacionais. No geral, as taxas variam por país e tipo de serviço escolhido e dependem também da distância da entrega.

“Nossos clientes queriam meios convenientes e eficazes de combater as alterações climáticas de uma maneira real e tangível,” explica Bob Stoffel, o vice-presidente sênior responsável pelo programa de sustentabilidade da UPS.

O programa de neutralização de carbono contratado pela UPS é o da instituição Garcia River Forest Climate Action Project (Projeto de Ação Climática da Floresta do Rio Garcia – em português) que é supervisionada por duas entidades de conservação ambiental: The Nature Conservancy (A Conservação da Natureza) e The Conservation Fund (O Fundo de Conservação).

Para fazer a contratação do serviço de compensação, o cliente deve assinalar a opção durante o processo de envio do pedido de coleta. Neste ano, os serviços de compensação chegarão ao valor de US$ 1 milhão.

Os países que têm a neutralização de CO2 disponível são: Brasil, Argentina, República Dominicana, México, Canadá, Porto Rico, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grã-Bretanha, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça, Austrália, Hong Kong, Japão, Malaísia, Singapura, Taiwan, Tailândia, Índia, Indonésia, Filipinas, Coréia do Sul, China e Macau.

Para mais informações sobre o programa ambiental da UPS, acesse o site www.responsibility.ups.com

Para mais informações sobre o UPS Carbon Neutral, consulte www.ups.com/CarbonNeutral

Por: Nayra Brighi – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS