Mercedes-Benz alcança a marca de 160 mil ônibus exportados

Desde o início das vendas de ônibus para o exterior, a montadora fechou negócios com mais de 90 países e hoje figura como a maior exportadora do Brasil

Supersafra de grãos poderá aumentar frete em cerca de 10%
Startup ajuda empresas a evitar avarias em cargas
Secretaria de Direito Econômico investiga suposto cartel no Porto de Santos (SP)

onibusmb-nigeria

A Mercedes-Benz acaba de alcançar o marco histórico de 160 mil ônibus exportados desde o início das vendas em 1961. A montadora elegeu o modelo rodoviário O 500 RSD (foto do destaque), que faz parte de um lote de seis unidades vendido para uma empresa na Nigéria como o símbolo desta marca, comemorando a liderança na exportação de ônibus e caminhões no Brasil.

De acordo com a Mercedes, a Nigéria é um mercado tradicional para os ônibus da marca com cerca de 1.300 unidades adquiridas nos últimos três anos. “Nossos produtos conquistaram reconhecimento ao redor do mundo por sua qualidade, durabilidade e confiabilidade e também pelo suporte pós-venda que oferecemos aos clientes, assegurando a reposição de peças e a assistência técnica especializada”, afirma Kay Wolf Ahlden, diretor de Vendas de Veículos Comerciais Mercado Externo da Mercedes-Benz do Brasil.

Os chassis de ônibus produzidos pela Empresa são exportados hoje para cerca de 50 países, tanto da América Latina, quanto de outros continentes. Ao longo dos 48 anos de atuação no mercado externo, chegou a atender mais de 90 países.

“Nós temos uma relação de longa data com nossos clientes, o que assegura a fidelidade aos nossos produtos e à nossa marca. Graças à longa experiência de quase meio século atendendo clientes nas mais diversas partes do mundo, nossa credibilidade é muito sólida em todos os mercados para onde enviamos os ônibus da nossa marca, o que é o caso da Nigéria”, conclui Ahlden.

Entre os modelos mais comercializados para a Nigéria destacam-se o chassi OF 1721 com motor mecânico para transporte urbano e os chassis O 500 com motor eletrônico para longas distâncias rodoviárias, utilizados na interligação entre cidades do próprio país e também com países vizinhos.

Principais mercados e produtos exportados

A Mercedes-Benz do Brasil exportou mais de 29.000 chassis de ônibus entre 2006 e 2008. Neste período, a Argentina, com 8.237 unidades, foi o maior comprador, seguida por Chile (5.237 unidades), Egito (4.114), Peru (1.707), Nigéria (1.298), África do Sul (1.158), Venezuela (969), Colômbia (834), Equador (824), Costa Rica (720), Jordânia (556) e Indonésia (494).

Considerando o triênio 2006 a 2008, a família de chassis rodoviários O 500, formada por quatro modelos para curtas, médias e longas distâncias e para fretamento, alcançou o maior volume de vendas, com cerca de 9.000 unidades exportadas. Na linha de chassis de ônibus urbanos, destacaram-se os modelos OF de 17 toneladas de peso bruto total – PBT (mais de 5.000 unidades), os OF de 14 toneladas de PBT (mais de 4.000) e o chassi de microonibus LO 915 (3.500).

COMMENTS