Expresso Mirassol já investiu R$ 20 milhões em frota em 2008

Planejamento do Expresso Mirassol em frota para 2008 prevê um investimento total de R$ 33,2 milhões

Gol inaugura seu primeiro sistema de entretenimento de bordo
Redes buscam alternativa para não aumentar preço
Via Dutra terá mais 30 radares

O Expresso Mirassol realizou já no primeiro semestre de 2008 um investimento de mais de R$ 20 milhões em ampliação e renovação de frota. A empresa, com sede em Guarulhos, atua no transporte e na logística de diversos segmentos, entre eles a indústria automobilística, de autopeças, petroquímica, siderúrgica, alimentos e bebidas. Opera também nos transporte de contêineres e nas operações portuárias.

De acordo com Dalton Rodrigues Salgueiro, diretor de Operações da empresa, as aquisições até julho deste ano foram feitas principalmente em cavalos mecânicos de última geração, máquinas para movimentação de contêineres e implementos rodoviários, como carretas e baús.

“Nosso intuito é ampliar nossos negócios e manter nossa política de renovação de frota”, diz Salgueiro.

Ao todo, até agora foram investidos R$ 12.792.500,00 na aquisição de cavalos mecânicos e R$ 7.378.000,00 em implementos.

Para o segundo semestre de 2008, o Expresso Mirassol prevê a aquisição de mais R$ 9.540.000,00 em caminhões e R$ 3.210.000,00 em carretas especiais do tipo “Vanderléia”, aquela com os três eixos distanciados. Os gastos da empresa com a aquisição de sistemas de comunicação e rastreamento também foram ampliados e a previsão para o segundo semestre soma R$ 375.000,00.

O investimento total para o exercício de 2008, com as compras já realizadas no primeiro semestre e as previsões para o segundo, é de R$ 33,2 milhões.

“O Expresso Mirassol prima pela qualidade de sua frota e pela renovação permanente de seus equipamentos. O tempo de uso de um caminhão na empresa não passa de 3,5 anos, o que mantém nossa frota sempre nova e segura”, explica Dalton Salgueiro.

A empresa aposta no aquecimento da indústria automobilística e vai na contramão das restrições aos veículos de cargas em São Paulo. “Em um momento em que todos estão comprando veículos menores para atender à distribuição urbana restrita pelas novas regras em São Paulo, o Expresso Mirassol está investindo pesado em veículos maiores, apostando no crescimento do mercado e praticando uma estratégia mais adequada com planejamento de longo prazo”, explica Luiz Carlos de Faria Júnior, gestor Comercial e Corporativo da empresa.


COMMENTS