Braspress adota controle móvel de emissão de poluentes em sua frota

Para isso, um técnico de manutenção está realizando testes com um veículo que percorrerá as filiais da transportadora espalhadas pelo Brasil para realizar testes, controles e vistorias nos caminhões

Braspress amplia operação em Santa Catarina com nova filial em Brusque
Braspress inaugura centro logístico em Novo Hamburgo (RS)
Braspress investe R$ 33 milhões em Tecnologia da Informação

A empresa de encomendas expressas Braspress passa a adotar o controle móvel de emissão de poluentes de sua frota. Para isso, a transportadora designou um técnico de manutenção e um veículo que irão percorrer suas filiais espalhadas pelo Brasil para realizar testes, controles e vistorias nos caminhões.

“A unidade móvel de Controle de Emissão de Poluentes está equipado com opacimetro, balanceador e alinhador de rodas e o projeto é expandir para cinco veículos com essa mesma função”, diz o presidente da Braspress, Urubatan Helou. “Agora, para aperfeiçoarmos, passamos a adotar essa política com a unidade móvel numa experiência piloto que passará para um projeto de cinco veículos com a mesma destinação’’, ressalta.

Além disso, a Braspress há anos vem  utilizando o opacímetro (instrumento utilizado para medição da quantidade de material particulado emitido por veículos) e participando de ações do Programa Despoluir, da CNT (Confederação Nacional do Transporte) e da CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, da Secretaria do Estado do Meio Ambiente) que visam o controle na emissão de poluentes.

“Dentro de nossa política de Sustentabilidade Ambiental, adotamos ainda outras medidas, por exemplo, utilizando veículos que atendem à legislação PROCONVE P-5 (Euro III)  dotados de gerenciamento eletrônico de combustível que proporcionam maior desempenho com baixo consumo de óleo diesel”, acrescenta Helou, destacando que essas normas fazem parte da regulamentação estabelecida pelo Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente).

COMMENTS