Cummins sai na frente com motorização Euro V

Fabricante lança o motor ISL e novo sistema catalisador buscando reduzir o impacto ambiental

Rodovia em Mato Grosso tem diesel mais caro do Brasil
Conceito 4.0 chega à Tora Transportes
Ford lança serviço de manutenção para caminhões e vans

Visando maior competitividade na categoria de semi-pesados e voltada às futuras exigências das leis que controlam a emissão de poluentes, a fabricante de motores Cummins desenvolveu o ISL, motor com maior economia operacional.

Projetado na configuração de 8,9 litros, o ISL pesa 706 kg e apresenta características dos motores de alta cilindrada, dentre elas: comando de válvulas de maior diâmetro com tuchos roletados, pistões articulados e potência de 400 cv (238kW) e 2100 rpm. Assegurando a redução do impacto ambiental, o novo motor atende às exigências da Conama P7, equivalente à Euro V, legislação de emissões que entrará em vigor no Brasil em 2012.

“Desenvolvemos um produto voltado ao perfil das estradas brasileiras”, diz Luis Chain Faraj, gerente Executivo de Marketing e Engenharia da Cummins Brasil. “Devido ao bom consumo de combustível e à tecnologia de ponta que o ISL oferece, o transportador consegue trabalhar com custos menores de manutenção”, explica.

Sistema catalisador SCR

Outra novidade é a integração do motor ISL ao SCR (Selective Catalytic Reduction), um sistema de gerenciamento de emissões. O módulo catalisador proporciona maior equilíbrio entre demanda de potência, economia de combustível e controle de emissões de NOx (dióxido de Nitrogênio e óxido de Nitrogênio).

Por: Victor José – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS