Empresários têm menos de um mês para entregar Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica

Empresas têm até 30 de junho para apresentar a Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica à Receita Federal

Sascar cresce 35% em 2011
Aliança batiza porta-contêineres “Bartolomeu Dias” no porto de Rio Grande (RS)
Governo vai investir R$ 95,7 milhões na ampliação do Porto de Paranaguá

Empresas têm até 30 de junho para apresentar a Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica à Receita Federal.

“O curto prazo para preencher e entregar a declaração pode trazer inúmeros contratempos aos empresários e contabilistas, que precisam conhecer bem o programa para fazer a sua correta aplicação”, alerta o advogado tributarista do Cenofisco – Centro de Orientação Fiscal, Lázaro Rosa da Silva.

Ainda de acordo com o tributarista do Cenofisco, a pressa do contribuinte para enviar a declaração pode ocasionar erros no preenchimento do documento. “A pessoa jurídica que deixar de apresentar a DIPJ ou que entregá-la com erros ou omissões será intimada a prestar esclarecimentos e estará sujeita a multas, que variam de 2% a 20% mês ou fração do ano-calendário dos valores informados na DIPJ, sendo que a multa mínima é de R$ 500,00 para quem tem forma de tributação. Já para os imunes ou isentos o valor mínimo da multa é de R$ 200,00.

As empresas tributadas por lucro real, presumido e arbitrado, além das empresas isentas do pagamento do Imposto de Renda, devem entregar a DIPJ – Declaração de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica até 30 de junho à Receita Federal.

COMMENTS