Banco Mercedes-Benz fecha 2014 com R$ 4,8 bi em novos negócios

Volume consolidado corresponde a um crescimento de 26% em relação ao exercício anterior

Mercado aquecido turbina resultados de bancos próprios
Banco Mercedes-Benz cresce 49% em 2018
Mercedes-Benz participa da 18ª Fenatran com linha inteiramente renovada

mercedes-benz-frota

O Banco Mercedes-Benz encerrou o ano passado com R$ 4,8 bilhões em novos negócios, volume 26% superior ao registrado em 2013.

O BNDES Finame foi a linha de crédito mais procurada em 2014, totalizando R$ 4,1 bilhões, alta de 28% em relação ao exercício de 2013. Já o CDC (Crédito Direto ao Consumidor) e o Leasing representaram R$ 677,3 milhões.

Dos veículos financiados, os caminhões representaram R$ 2,5 bilhões em novos negócios, acréscimo de 32% sobre R$ 1,5 bilhão registrado em 2013.

Com crescimento de 12,4%, o financiamento de ônibus fechou 2014 com R$ 811 milhões em novos negócios. Outro destaque foi a categoria de vans, com R$ 234 milhões liberados, 60% a mais que em 2013. Segundo comunicado do banco, o desempenho deve-se, principalmente, à renovação e à ampliação de frotas originadas pelo setor de turismo e o forte trabalho da instituição na aproximação com os clientes e concessionárias.

“Na contramão do mercado, tivemos bons resultados no ano, mesmo com um cenário econômico desfavorável e o mercado oscilante. E isso também é fruto de um trabalho realizado em conjunto com a Mercedes-Benz e a Rede de Concessionários para se aproximar ainda mais dos clientes e entender as suas necessidades de forma rápida e eficiente”, avalia Bernd Barth, presidente do Banco Mercedes-Benz.

COMMENTS