Volvo VM completa 20 anos de produção com mais de 90 mil unidades vendidas

Volvo VM completa 20 anos de produção com mais de 90 mil unidades vendidas

Caminhão semipesado da Volvo comemora liderança de mercado e terá série especial em celebração às duas décadas de história

Volvo celebra 40 anos de atividades no Brasil
Caminhão remanufaturado conquista resultados e já soma 144 pontos na Copa Truck
DAF capricha na gama de caminhões para construção na Europa

O Volvo VM, lançado em 2003 no Brasil com projeto nacional e tecnologia de ponta, está completando 20 anos de produção na fábrica da empresa em Curitiba, no Paraná. Sempre acompanhando as tendências de mercado e as necessidades do transporte brasileiro, a família de caminhões semipesados da Volvo alcança a data comemorativa com a marca de mais de 90 mil unidades produzidas e vendidas.

“O VM é um caminhão genuinamente brasileiro e conquistou os transportadores por conta de sua versatilidade e dos muitos avanços que introduziu no mercado. É uma referência em produtividade, robustez e conforto em todas as áreas. Esta versatilidade impulsiona suas vendas, sempre crescentes ao longo dessas duas décadas. O VM tem história pra contar e muita história por fazer”, diz Alcides Cavancanti, diretor executivo de caminhões da Volvo.

Múltiplas versões e aplicações

Desde que foi lançado, o VM apresentou uma plataforma capaz de dar conta de diversas aplicações, motivo de tê-lo feito se tornar um modelo tão amado pelos frotistas, caminhoneiros autônomos e operadores da construção civil e do agronegócio.

Por isso está presente nas rodovias, centros urbanos, estradas rurais, minerações, florestas plantadas, portos, aeroportos, operadores de logística e lavouras Brasil afora. E está presente também na lista de mais vendidos de sua categoria. O VM 270cv é a versão mais vendida do modelo e, segundo a Fenabrave, lidera os emplacamentos de semipesados no Brasil, com 1.682 unidades no acumulado do ano, de 1º de janeiro a 30 de setembro de 2023. O modelo também foi o semipesado mais vendido do Brasil no ano passado, com um total de 4.732 emplacamentos.

Celebrações dos 20 anos

Para comemorar a data histórica, a Volvo preparou, além de uma edição especial do VM, condições especiais em sua rede de concessionárias para a aquisição do caminhão em todo o Brasil durante o mês de outubro.

A edição especial do VM criada pela Volvo tem produção limitada em 200 unidades e está disponível nas configurações de eixos 6×2 e 8×2, equipadas com o novo motor Volvo D8K e a transmissão automatizada I-Shift de sétima geração. Os caminhões têm pintura especial da cor Iced Mercury metálica com selos e faixas alusivos à celebração, com os dizeres VM 20 Anos e outros detalhes exclusivos.

O pacote comemorativo também inclui faróis de neblina de série, luz de posição extra, espelhos elétricos com aquecimento, para sol frontal, lanternas traseiras em led e buzina a ar. Por dentro, a série especial conta com ar-condicionado, cabine leito, climatizador de teto, vidros elétricos, rádio com USB, MPZ e Bluetooth e o sistema Volvo Connect, para trabalhar com a conectividade remota da Volvo.

Linha do tempo Volvo VM 20 anos

Vamos destacar alguns fatos importantes ao longo dos 20 anos de história dos Volvo VM, de acordo com as informações da Volvo e também do banco de dados de notícias do Transporta Brasil:

2003

Lançamento da linha VM, inaugurando o conceito de semipesados premium com cabine leito e motorização com potência mais alta. Em seu lançamento, o VM era o único do mercado em sua categoria com suspensão de molas parabólicas, basculamento hidráulico da cabine e coluna de direção ajustável.

2005

A família VM ganha novos modelos com a chegada da versão cavalo mecânico com motor de 310 cavalos de potência e da versão chassi rígido com configuração de eixos 6×4. As opções de motorização eram de 206 e 310 cavalos com tecnologia de emissões Euro 3.

2009

A Volvo fecha o ano de 2009 com a marca de 10 mil caminhões vendidos no Brasil e faturamento de R$ 3,2 bilhões. A família VM ajuda a alavancar as vendas, consolidando-se no mercado brasileiro como uma linha de semipesados que conquistou o gosto dos transportadores. Na época, o presidente da Volvo no Brasil, Tommy Svensson, declarou que a expansão do crédito, a redução do IPI, o sucesso da linha F e a consolidação do VM colaboraram decisivamente para a marca atingir os excelentes resultados.

2010

Antecipando-se ao mercado, a Volvo anuncia sua nova tecnologia de motores para atender às normas de emissões Euro cinco, que estariam em vigor nos anos seguintes. Em novembro daquele ano, a marca apresentou sua nova plataforma de motorização para todos os caminhões, incluindo o VM, e anunciou sua opção pela tecnologia de redução catalítica, o SCR, com o uso do Arla 32.

2011

Volvo VM bate recorde de vendas no mercado brasileiro, com 6.027 unidades emplacadas. Em 2011, um ano importante para a indústria nacional de caminhões, a Volvo atingiu um market-share de 17% com grande ajuda da família VM.

2012

Chega ao mercado a terceira geração do Volvo VM, com novo interior da cabine e também os novos motores com padrão de emissões Euro 5, além do novo freio motor, mais eficiente.

2013

Ao completar 10 anos de mercado, o VM mostrou sua força nos resultados de vendas. Em 2013, a família VM representava 40% do volume de vendas da Volvo no Brasil e estava disponível no mercado nas versões de 220, 270 e 330 cavalos de potência. Em agosto, chegou a nova linha VM com novas configurações de eixos e novo módulo do parachoque.

2014

O VM chega à quarta geração com grandes mudanças externas, aproximando-se do visual dos caminhões FH. Chegam as versões 8×2 e 8×4 e os VM passam a ter a opção de saírem de fábrica equipados com a transmissão automatizada I-Shift.

2015

A Volvo aprimora o VM para as operações de transbordo de cana-de-açúcar a pedido da Usina Santa Terezinha. O veículo altura nas suspensões traseira e dianteira e grades de proteção para o trabalho fora de estrada. Além disso, alguns chicotes elétricos foram ampliados e o caminhão ganhou eixo traseiro reforçado e bloqueio automático das rodas.

2016

A Volvo lança o VM 32 toneladas, inaugurando uma nova era de sucesso de vendas para o segmento vocacional de caminhões, com capacidade de carga aumentada e baixo custo de manutenção;

2017

O Volvo VM surge como o primeiro caminhão desenvolvido no Brasil a ter tecnologia autônoma. A versão do veículo foi projetada para o segmento de cana-de-açúcar para reduzir o esmagamento dos brotos da planta durante a colheita. A tecnologia autônoma permitiu que o caminhão trafegasse em linha reta com precisão de 2,5 centímetros.

2019

No ano de 2019, antes da Fenatran, a Volvo apresentou a nova cara do VM, que ficou ainda mais parecido visualmente com os modelos da família FH. Além disso, os caminhões semipesados da Volvo ganharam parachoque tripartido, para facilitar a manutenção, e novo sistema de ajustes do defletor de ar.

2020

A Volvo lança em 2020 a versão urbana de entrada de seu caminhão semipesado, o Volvo VM City, que chegou ao mercado com motor de 270 cavalos, cabine curta, suspensão a ar e transmissão manual de seis marchas.

2021

Seguindo sua vocação para aplicações na construção civil, o Volvo VM chega ao mercado em sua versão Light Mixer, ou misturador leve, especial para o segmento de betoneira. O caminhão tem redução da tara em 900 quilos e capacidade para transportar até um metro cúbico a mais de concreto.

2022

O modelo 2022 do Volvo VM trouxe nova cama, com extensores e nova largura, com 30% a mais de área útil para deitar. O colchão é forrado com tecido e feito com molas ensacadas e espuma de alta densidade. O caminhão também ganhou um novo balanço traseiro mais curto nas configurações para aplicação na caçamba, o que resultou em maior facilidade para implementação.

2023

Volvo VM chega aos 20 anos de mercado brasileiro com nova motorização Euro 6 e a grande novidade: os propulsores de oito litros de fabricação própria da Volvo, com 290 e 360 cavalos de potência, e a caixa automatizada I-Shift de sétima geração, a mesma utilizada no Volvo FH. O destaque ficou para o consumo, 10% menor, e a chegada da novidade VMX MAX, para o trabalho em aplicações vocacionais e fora de estrada, com configurações 6x4R e Peso Buto Total de 34 toneladas.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte todos os dias na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS