Transportadora Cavalinho recebe disputa do Rodeio de Caminhões da Raízen

Transportadora Cavalinho recebe disputa do Rodeio de Caminhões da Raízen

Etapa Sudeste aconteceu em Americana (SP) na competição que vai premiar os melhores motoristas do transporte de combustíveis do Brasil

Skava-Minas adquire pesado Actros para operações fora-de-estrada
Transportadoras argentinas paralisam atividades nos portos de Rosario
Governo leiloa novos fretes de milho

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil e produtora de diversos tipos de combustíveis que ajudam a movimentar o país, realizou no começo de março mais uma etapa do 12º Rodeio de Caminhões. O evento é uma competição entre os melhores motoristas das operações de transporte de combustíveis da empresa, envolvendo mais de 40 transportadoras e cerca de 5.500 profissionais do volante.

De volta às pistas

A competição, que voltou este ano ao modo presencial, consiste em provas teóricas e práticas, de manobras com caminhão-tanque, para valorizar os aspectos da segurança, do seguimento dos procedimentos e da não violação de regras entre os trabalhos de transferência de combustíveis entre as bases da Raízen, as refinarias e os postos. Todos estes preceitos são a base da política de zero acidentes da empresa. Todos os anos, as frotas das transportadoras a serviço da Raízen rodam mais de 200 milhões de quilômetros transportando milhões de litros de combustíveis para todo o Brasil.

A etapa Sudeste teve uma de suas paradas na cidade de Americana, no interior de São Paulo, onde a Transportadora Cavalinho, uma das que prestam serviços à Raízen, foi a anfitriã da competição. O Rodeio aconteceu nos dias 3 e 4 de março, com as provas teóricas e de manobras, utilizando um caminhão-tanque Scania R450.

O evento aconteceu em um recinto de exposições agropecuárias e contou com grande estrutura para receber não só os cerca 54 motoristas participantes, mas também suas famílias e os parceiros do Rodeio de Caminhões, como o SEST SENAT e o Grupo Vamos.

“O Rodeio de Caminhões chega ao estado de São Paulo com todo o gás nesta 12ª edição. Depois de três anos, as provas práticas nas eliminatórias regionais voltam a ser realizadas no formato presencial em caminhões-tanque. É uma volta do Rodeio ao modo raiz”, afirma o diretor de Logística da Raízen, Rafael Alvarez.

Ao todo, o Rodeio de Caminhões coloca em disputa cerca de 200 motoristas nas etapas regionais, que acontecem no Sul, Sudeste e Nordeste, entre fevereiro e abril. As provas de manobra são realizadas em uma pista controlada e dão 15 minutos para o competidor completar um circuito de precisão, cumprindo manobras como curva com cones, estacionamento da carreta em L em meio-fio, estacionamento de ré e parada precisa. Tudo é levado em conta: desde a postura do motorista até o modo com que ele faz as manobras, sem cometer violações e mostrando sua perícia ao volante. Todas as provas são baseadas em tarefas comuns do dia a dia dos motoristas do transporte de combustíveis da Raízen. Para ter acesso ao caminhão da competição e realizar as provas, todos os participantes passaram por teste de bafômetro e a reportagem constatou que 100% deles foram aprovados com nível ZERO de álcool no sangue.

Além disso, os participantes são também submetidos a uma prova teórica que envolve questões com base em conteúdos do treinamento interno e dos procedimentos reais que são exigidos dos motoristas em seu cotidiano. São conhecimentos sobre a postura do profissional, as violações, o sistema de segurança e mitigação de acidentes e conhecimentos operacionais.

Prova teórica do Rodeio de Caminhões da Raízen em Americana (SP)

Os melhores classificados irão para a final, no meio do ano, que vai acontecer em algum lugar do Nordeste, por meio de provas em simulador de direção. “Os motoristas que participam das etapas do Rodeio de Caminhões são os melhores, não somente das nossas operações, mas do Brasil. Esses motoristas trabalham o ano todo sendo monitorados por nossa tecnologia dentro dos caminhões e avaliados preventivamente quanto a seu comportamento na direção. Avaliamos principalmente os pilares de segurança da nossa operação: a dinâmica de direção, o controle de velocidade, por meio da telemetria, o comportamento de segurar no volante, de não ter objetos soltos dentro da cabine, o uso do cinto de segurança 100% do tempo, entre outros aspectos. Esses motoristas passaram o ano inteiro sem nenhum acidente ocorrido”, disse à reportagem do Transporta Brasil a coordenadora de SSMA Logística (Segurança do Trabalho, Meio Ambiente e Sustentabilidade) da Raízen, Juliana Nicoleti.

Juliana Nicoleti, coordenadora de SSMA Logísitca da Raízen

De acordo com Juliana, todos os caminhões que prestam serviços à Raízen no transporte de combustíveis são equipados com sistemas de rastreamento e monitoramento eletrônico, incluindo sensores de fadiga, que detectam o comportamento do motorista para evitar acidentes.

Acompanhe aqui no Transporta Brasil as próximas etapas do Rodeio de Caminhões da Raízen. Confira os classificados para a final nas primeiras etapas Sul e Sudeste:

Etapa Sul – Curitiba (PR):

1° Lugar – Eduardo de Souza dos Santos – NICHELE
2° Lugar – Marcos Orlando – HÚNGARO
3° Lugar – Danilo da Rocha Cordeiro – BUDEL

Etapa Sudeste 1 – Americana (SP):

1° Lugar – Edvaldo Rodrigues Moreira – VILA REAL
2° Lugar – Paulo César da Silva – TRANSJORDANO
3° Lugar – Junior Cezar Reghin – HENRIQUE STEFANI

________________

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS