São Paulo recebe primeiro novo trem da ViaMobilidade para as linhas 8 e 9

São Paulo recebe primeiro novo trem da ViaMobilidade para as linhas 8 e 9

Equipamento foi fabricado no Brasil pela Alstom e faz parte de um lote de 36 novos trens com investimento de R$ 3,8 bilhões

Librelato faz a venda de 50 tritrens basculantes para o agronegócio
Volvo FH 540 foi o caminhão mais vendido em 2020 no Brasil
Primeira picape híbrida do Brasil é da Ford e tem autonomia superior a 800 km

O transporte sobre trilhos de São Paulo recebeu em março o primeiro novo trem para as linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, operadas pela concessionária ViaMobilidade. O equipamento, fabricado no Brasil pela Alstom, tem projeto nacional e ajuda a movimentar a indústria ferroviária no País. Segundo a ViaMobilidade, do Grupo CCR, o primeiro trem faz parte de um lote total de 36 novas composições, totalizando 288 carros, fruto de um investimento de R$ 3,8 bilhões.

O modelo é da série 8900 e faz parte do esforço da ViaMobilidade no investimento em modernização e melhorias de suas operações nos trens metropolitanos. “A chegada deste primeiro trem é um capítulo fundamental na trajetória de transformação que estamos implementando, com foco sempre na melhor prestação de serviços aos passageiros. Vamos proporcionar um nível de modernidade e conforto que refletem o que a CCR e a ViaMobilidade projetam para os passageiros”, diz o diretor-presidente da concessionária, Francisco Pierrini.

Alta capacidade

Os novos trens da ViaMobilidade são capazes de transportar até 2.600 passageiros e contam com algumas tecnologias para trazer mais conforto aos usuários e maior controle à operadora. As composições são equipadas com sistema eletrônico de contagem de passageiros, mapas dinâmicos de linhas, monitores e vigilância por vídeo, câmeras, retrovisores e detectores e extintores de incêndio Todos os revestimentos são antichamas.

De acordo com a operadora, os novos trens são mais leves em relação aos que estão em operação atualmente, já que são construídos em aço inoxidável com durabilidade de 40 anos. Os novos sistemas também são mais eficientes e consomem menos energia elétrica.

Investimentos nos trilhos

Durante o evento de apresentação dos novos trens, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas afirmou que o Estado, em parceria com as concessionárias, vai investir pesado na renovação da malha ferroviária que atende ao transporte de passageiros, na CPTM e nas linhas concedidas, e que também estuda a construção de novos ramais na Região Metropolitana para reduzir os gargalos operacionais e evitar que os trens de cargas e de passageiros utilizem as mesmas vias. “Nós demos um passo importante neste sentido com a prorrogação do contrato com a MRS, que vai trazer como investimento uma segregação das linhas de cargas e de passageiros. Passaremos a ter uma linha exclusiva para cargas, de Perus até Manoel Feio, e vamos eliminar este conflito entre carga e passageiro, aumentando a capacidade de carga de cargas transportadas e a fluidez dos trens de passageiros. Teremos grande capacidade de transporte nas duas pontas”, disse o governador à reportagem da Agência Transporta Brasil.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS