Mercedes-Benz Accelo 1016: teste com o trucado automatizado urbano

Mercedes-Benz Accelo 1016: teste com o trucado automatizado urbano

Criado para trazer maior capacidade de carga em operações urbanas, o “Accelão” da Mercedes-Benz tem ótimo desempenho na cidade

Aliança Navegação e Logística compra VW
Primeiras vigas do viaduto que marca início do Trecho Leste do Rodoanel foram lançadas
Ford coloca caminhões de volta no foco de negócios

A linha de caminhões leves Accelo da Mercedes-Benz tem diversas opções para o transportador que opera as entregas e coletas urbanas e a maior versão deles, chegando à categoria de médios, é o modelo 1316, um urbano trucado com câmbio automatizado que é bastante utilizado no transporte de bebidas.

Com terceiro eixo de fábrica, o caminhão tem Peso Bruto Total de 13 mil quilos, sendo que sua carga útil chega a 8.620 quilos. O caminhão conta com motor Mercedes-Benz OM 924 LA de 4,8 litros que desenvolve potência de até 156 cavalos e torque máximo de 610 Nm a uma rotação entre 1.200 e 1.600 rpm. A transmissão deste modelo testado é a caixa Poweshift automatizada modelo Eaton EA 6206 AMT de seis velocidades. De acordo com a Mercedes-Benz, esta transmissão automatizada conta com um sistema computadorizado que, aliado ao inclinômetro e aos sensores do caminhão, ajudam na condução, escolhendo sempre a marcha ideal para cada momento.

Teste na rua

O caminhão tem fácil operação na cidade, com baixo ruído e bom conforto da cabine. A posição de dirigir é antiga, apesar de ainda confortável e ergonômica. Fizemos um trajeto de pouco mais de 100 quilômetros pelas ruas e rodovias do ABC Paulista, principalmente por São Bernardo do Campo e Santo André, priorizando ruas planas e alguns trechos íngremes para testar todas as funcionalidades do caminhão. A versão testada é a que traz a transmissão automatizada, que oferece algumas características especiais, como os dois modos de direção, um econômico, para melhores médias de consumo, e um modo Power, com maior entrega de torque e potência, para momentos como subidas, ultrapassagens e manobras de pátio com o caminhão carregado no máximo.

O inclinômetro instalado no Accelo 1316 ajuda também na dirigibilidade. O sistema detecta o grau de inclinação do veículo para entregar a marcha ideal para arrancadas ou retomadas. Ainda em trechos de inclinação, vale ressaltar o bom funcionamento do sistema de assistência de partida em rampa, que segura o caminhão no freio por alguns segundos antes de engatar a marcha de arrancada, evitando complicações para o motorista e ajudando a mitigar acidentes em ambiente urbano.

A caixa Powershift automatizada deste caminhão também oferece algumas características para facilitar a vida do motorista e do operador, com relação super reduzida na primeira marcha, de 6,20, e sexta marcha em overdrive, com relação 0,78, para rodar com o mínimo de esforço do motor em velocidade de cruzeiro nas rodovias. Todo o mix de programação da caixa Eaton feito pela Mercedes-Benz oferece ao caminhão uma grande facilidade operacional, deixando o motorista mais livre para prestar atenção na condução e menos preocupado com a troca das marchas ou o modo de direção a ser utilizado. O computador ajuda muito nessa hora.

Por ser projetada para rodar tanto por ruas e avenidas quanto por trechos de rodovia, a versão com câmbio automatizado do Accelo 1316 conta com relação de eixo traseiro mais longa, de i = 3,909. Segundo a Mercedes-Benz, esta relação faz com que o caminhão rode em velocidades médias mais altas. Na prática isso se aplica e faz com que a sensação de dirigibilidade do caminhão seja mais ágil.

A cabine do Accelo é espaçosa e ganhou atualização recentemente, com reposicionamento dos assentos e novos modelos de bancos, mais confortáveis e com mais ajustes para o motorista, além de aumento de 180 milímetros. O espaço acolhe muito bem o motorista e mais dois ajudantes, em uma configuração comum nas operações urbanas. Os dois bancos dos passageiros podem ser rebatidos e o espaço pode ser usado para guardar objetos ou manipular documentos e notas fiscais, com possibilidade para ser usado até mesmo como uma mesa. O banco do motorista nesta versão tem suspensão pneumática opcional. A versão testada tem ar-condicionado de série, vidros elétricos e teto com escotilha.

O Accelo 1316 trucado é um caminhão que nasceu da necessidade dos clientes de distribuição urbana para fazer frente a um mercado cada vez mais competitivo e com lucros apertados, principalmente para o transporte urbano de bebidas em engradados e cargas expressas e fracionadas de distribuição. É um caminhão bem dimensionado para o que se propõe. Sua cabine, apesar de não ter atualizações importantes há algum tempo, atende bem às necessidades desse tipo de operação, oferecendo o conforto e a segurança esperados. A dirigibilidade é muito confortável e amigável, com bom raio de giro para as manobras mais apertadas em ambientes urbanos e excelente resposta do motor para uma direção rápida quando necessária, seja em arrancadas ou em retomadas. Caminhão excelente para sua aplicação.

Em tempo: o modelo Mercedes-Benz Accelo 1316 é o sexto caminhão médio mais vendido do Brasil, com 533 emplacamentos no acumulado entre janeiro e setembro de 2022, segundo números da Fenabrave.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte todos os dias na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

Imagens: Fernando Favoretto e Alexandre de Andrade

COMMENTS