Ford Transit Furgão economiza na cidade e trata bem o motorista

Ford Transit Furgão economiza na cidade e trata bem o motorista

Testamos por uma semana a nova Ford Transit Furgão modelo 350 versão L2H3 fabricada no Uruguai. Saiba como o modelo se saiu

Volvo apresenta nova linha de caminhões 2021
Prefeitura de SP frustra setor e prorroga mais uma vez rodízio do VUC
Mercedes-Benz comemora mercado aquecido para a linha Sprinter

Depois de toda controvérsia sobre o fechamento das operações industriais da Ford no Brasil, passando pela criação de uma nova divisão de veículos comerciais no país, a marca acaba de lançar no mercado uma nova geração de seu comercial leve Transit, consagrada no mundo com mais de 10 milhões de unidades vendidas.

Primeiro veio a versão para passageiros, que impressionou por incorporar muito conforto e sistemas de segurança ativa, como a frenagem por meio de radar e sensores altamente avançados. Depois, a marca colocou no mercado brasileiro a versão furgão da Transit, com características premium para atender a uma demanda cada vez maior pelo transporte urbano de pequenas e médias encomendas, principalmente por causa do apetite dos consumidores pelo comércio eletrônico.

Teste real

Testamos a versão Transit Furgão 350 L2H3, o furgão médio, que tem uma capacidade volumétrica de carga de 10,7 metros cúbicos e capacidade de carga líquida de 1,22 tonelada. O Peso Bruto Total do veículo é de 3,50 toneladas, o que permite que seja conduzido por motoristas habilitados com CNH categoria B. O motor é o famoso Ford EcoBlue Diesel 2.0 de dois litros que desenvolve potência de até 170 cavalos a 3.500 rpm. A transmissão é Ford manual de seis marchas, com a sexta marcha com overdrive, com relação de 0,78:1, o que propicia economia em tiros mais longos e trechos rodoviários e em vias expressas.

Ficamos uma semana com o furgão e rodamos cerca de 350 quilômetros no total, sempre com pequenas viagens diárias dentro da zona urbana da Região Metropolitana de São Paulo. Realizamos diversos pequenos transportes de caixas, volumes e sacas, simulando os tipos de encomendas que são tradicionalmente carregadas pela cidade, sempre rodando com peso acima de meia carga.

Na cidade, a dirigibilidade da Transit Furgão agrada muito e oferece uma experiência parecida com a de um carro de passeio. O volante é multifuncional e permite o controle do sistema multimídia e também dos menus do computador de bordo com tela de 2,3 polegadas, que, apesar de simples, traz muitas funcionalidades úteis como contagem de quilometragem de viagens, registro de consumo e diversas outras.

A central multimídia tem tela de LCD touchscreen de 8 polegadas é um luxo no painel central, com navegação via aplicativos e espelhamento de smartphone via Apple Car Play ou Android Auto. O sistema permite comandos de voz em português, conexão bluetooth e wifi nativo, além do tradicional rádio AM/FM. Tudo funciona bem, com fácil operação. O veículo tem ar-condicionado frontal e tomadas 12V e USB à disposição.

Trata bem do motorista

A Transit Furgão traz alguns confortos que tratam bem do motorista. Além do banco confortável e da posição de direção favorável para horas e horas de trabalho, o veículo oferece assistente de partida em rampa, o que é extremamente útil, principalmente quando se está rodando carregado, sistema Start/Stop, que ajuda a economizar diesel, dois airbags frontais e uma eletrônica embarcada que funciona para dar estabilidade e segurança à rodagem. Os sistemas incluem controle de estabilidade, sistema eletrônico de frenagem, controle anti-capotamento e assistência eletrônica de frenagens de emergência.

O câmbio integrado ao painel é curto e confortável, com encaixes e engates macios e precisos. As jornadas de quatro horas de rodagem com vinte minutos de descanso não foram extenuantes, apesar da necessidade de fazer a trocas de marchas no anda e pára do trânsito urbano, mas o conforto do banco e os equipamentos disponíveis fazem da operação algo agradável e tranquilo. O painel digital do cluster mostra um assistente de troca de marchas, para aproveitar melhor o giro do motor, e a manobrabilidade é muito boa, tanto para estacionar quanto para movimentar o furgão em algum pátio para carga e descarga.

A câmera de ré e o sensor traseiro de estacionamento completam o pacote de facilidades para o motorista nesta versão da Transit Furgão. A rodagem é bem segura e tranquila, com excelente visibilidade no cockpit, além de uma enorme variedade de nichos e porta-trecos espalhados pela cabine, do jeito que a galera que trabalha com entregas e cargas gosta. Tem também locais para acondicionamento de copos e até garrafa de água.

Fácil operação

Os arranques, mesmo com o veículo carregado, são bem fortes e precisos, com torque de sobra para quando é necessário, e a suspensão dá conta de transferir pouca vibração do chassi para o compartimento de cargas, o que ajuda na segurança das cargas e facilita na amarração. Testamos diversas configurações de carga, utilizando os pontos de ancoragem disponíveis e também o atrito do piso com sucesso. Não houve avarias ou movimentações significativas da carga.

Os acessos ao compartimento de carga são feitos por meio da porta traseira, que abre em duas folhas, com trava fácil de abrir, e podem ser configuradas para abertura em 270º. O outro acesso é feito pela porta lateral deslizante, que comporta o acesso de carga de um pallet sendo carregado por uma empilhadeira.

Durante o teste o veículo apresentou excelente performance em diversas topografias e tipos de vias urbanas, desde pequenas ruas locais até vias expressas e rodovias, com consumo médio e rendimento acima de 13 quilômetros por litro.

O veredicto: a nova versão da Ford Transit corrigiu muitos problemas da versão antiga, principalmente pelo emprego de um motor muito mais moderno e econômico, que já atende às normas Euro 6 de emissão de poluentes, e apresenta um comportamento excelente nas ruas e estradas, com ou sem carga, com fácil dirigibilidade, condução macia, boa visibilidade e excelente resposta do motor. Para o dia a dia de entregas expressas ou para o transporte de pequenas cargas em transferências de curta e média distâncias é um veículo que recomendamos.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte todos os dias na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS