Indústria de implementos rodoviários apresenta pequena queda no primeiro quadrimestre

Indústria de implementos rodoviários apresenta pequena queda no primeiro quadrimestre

De janeiro a abril, o setor produziu 48.224 implementos entre reboques e semirreboques e carrocerias sobre chassis. Houve alta nos leves

Braspress testa VW Delivery automatizado
Mais 235 Mercedes-Benz Axor azuis para a Braspress
Indústria mais confiante

A indústria de implementos rodoviários apresentou resultado 0,89% menor no número de unidades produzidas no primeiro quadrimestre de 2022 em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a Anfir, associação que representa os fabricantes nacionais, o setor produziu 48.224 unidades de janeiro a abril deste ano, contra 48.643 no mesmo período do ano passado.

No segmento de reboques e semirreboques, que representa o transporte pesado, o resultado foi negativo: foram 26.068 unidades produzidas nos quatro primeiros meses de 2002, contra 28.772 na prévia do ano passado, uma queda de 9,4%.

José Carlos Sprícigo, presidente da Anfir

“Tudo indica que os clientes estejam mais cautelosos em adquirir novos produtos. O mercado está à espera de uma reação mais consistente da economia”, analisa o presidente da Anfir, José Carlos Spricigo.

Alta nos leves

Mas não foram só resultados negativos que o primeiro quadrimestre do ano trouxe para o mercado de implementos. Os números da Anfir mostram que o segmento de carroceria sobre chassis teve 22.156 unidades produzidas no período, contra 19.871 nos primeiros quatro meses do ano passado. Isso representa um crescimento de 11,5%.

Para a Anfir, o bom resultado nos leves mostra que as obras da construção civil contribuíram para este crescimento. “O mercado de leves experimentou três anos de vendas reprimidas e agora esperamos que retome seu curso”, diz Spricigo.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte todos os dias na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS