Librelato vive seu melhor momento e vai faturar R$ 1,8 bilhão em 2021

Librelato vive seu melhor momento e vai faturar R$ 1,8 bilhão em 2021

Fabricante de Santa Catarina vai fechar o ano de 2021 com crescimento de 44% e promete carretas mais leves e modernas nas estradas

Mercedes-Benz registra salto nas exportações para a América Latina
Mercedes-Benz entrega primeiros caminhões Arocs feitos no Brasil
Diesel e gasolina sofrem primeiro aumento de 2022

Criciúma – novembro de 2021. A Librelato está em seu melhor momento: após crescer 44% em um ano de retomada para os implementos rodoviários, a empresa vai fechar 2021 com faturamento estimado em R$ 1,8 bilhão e com uma renovação completa em sua linha de produtos: o lançamento da família Evolut geração 2022.

Além disso, a empresa acaba de inaugurar novas instalações industriais em Santa Catarina e se prepara para fazer um investimento de R$ 50 milhões em equipamentos e processos. Para começar, a Librelato acaba de receber um robô de corte de chapas para agilizar sua produção e dar os primeiros passos da empresa na era da Indústria 4.0. O novo equipamento vindo da China custou R$ 10 milhões e está em fase de implementação para oferecer um salto de qualidade e rapidez na linha de produção dos implementos.

“No total, já investimos 35 milhões de reais, sendo a maior parte em tecnologia, processos de digitalização e automação. Investimos na maior célula graneleira robotizada da América do Sul, a única na região capaz de soldar a estrutura completa do modelo chassi graneleiro e não apenas uma parte dele, com acontecia anteriormente à chegada da nova tecnologia”, conta José Carlos Spricigo, CEO da Librelato.

O novo robô e as novas instalações farão parte da fabricação da linha Evolut, que acaba de ser lançada e inclui novos projetos de carretas graneleiras, basculantes, semirreboques tanque e baús semilonados. Em todos os novos modelos da família lançada, a Librelato promete redução significativa da tara do implemento, além de algumas novas soluções e modificações para melhorar o desempenho dos conjuntos e agilizar as operações de transporte.

Novos modelos Evolut

Nos graneleiros, a Librelato preparou uma construção com eixos mais largos e a nova produção será feita na célula robotizada da fábrica. De acordo com o gerente de Engenharia do Produto e Pós-Venda da empresa, Fábio Tronca, os novos modelos para o transporte de grãos da linha Evolut têm eixos com bitola larga, com distância entre o apoio e as molas de 100mm a mais do que na versão anterior. “Esta medida já era usada nos modelos basculantes e tanque. Agora passa a incorporar todos os nossos implementos com chassi do tipo plataforma, incluindo o furgão alumínio e o lonado. Com esta modificação, o implemento ganha 5% em estabilidade”, diz.

Os graneleiros da Librelato são fabricados com chapas de diferentes tipos de aço, incluindo ligas que contêm nióbio, para maior leveza e resistência. Além disso, eles serão fabricados na nova célula robotizada da Librelato. De acordo com Fábio Tronca, o novo robô da Panasonic e a tecnologia instalada pela empresa permite a solda completa da carreta graneleira e reduz 30% do tempo de soldagem da estrutura, com aumento de 20% na capacidade das linhas de produção.

Nas carretas tipo furgão alumínio também tem novidade. A linha Evolut traz os novos modelos de semirreboque furgão alumínio 3 eixos e bitrem de 6 eixos, para o transporte de caixas, sacarias, embalagens, eletroeletrônicos, pneus e uma infinidade de cargas secas paletizadas.

Nesta categoria, a Librelato conseguiu reduzir a tara dos implementos em 200 quilos e implementou também o conceito de módulos parafusados ao chassi.

Nos tanques, os lançamentos trazem implementos com maior capacidade de carga, com aumento de até 10%, o que corresponde até dois mil litros a mais de combustível.

Na linha de basculantes, a Librelato conseguiu chegar a um rodotrem com 400 quilos a menos de tara. Tudo graças ao novo projeto, que aproveita ao máximo os espaços e os materiais a partir dos desenhos, e ao uso cada vez maior de aços diferentes em partes diferentes da caixa de carga e de outros componentes do implemento. As vendas dos implementos basculantes da nova linha trazem customizações especiais e atendimento personalizado da equipe da Librelato.

No segmento de furgões lonados, ou carretas do tipo sider, como também são conhecidas, a Librelato apresenta novos modelos para a linha Evolut, com 200 quilos de redução de tara e lona especial com trama nas laterais e no teto, para facilitar a amarração da carga. O assoalho foi remodelado e o fechamento frontal foi reforçado com novas chapas de alumínio.

Colocando o bloco na rua

Para dar atendimento ao seu crescente universo de clientes rodando pelo Brasil, a Librelato também investiu no pós-venda e na ampliação da disponibilidade de peças e serviços Brasil afora. Junto com o lançamento da linha Evolut, a empresa anunciou também a criação do conceito Box Libreparts.

Tratam-se lojas itinerantes que serão montadas dentro de contêineres para que possam ser posicionadas em locais de parada de caminhões, pontos de grande movimentação de cargas e onde mais os clientes da marca precisarem. Segundo a Librelato, os boxes vão oferecer as peças de reposição de maior giro para trocas rápidas. As pequenas lojas irão sempre ficar perto de oficinas ou de lojas maiores da Libreparts e serão um ponto de apoio para quem precisar de peças para sua carreta.

Os planos da Librelato incluem a instalação de 20 Boxes Libreparts em todo o Brasil até o final de 2022. Além disso, a empresa estuda também a implementação de um sistema de comércio eletrônico para seus clientes.

O jornalista Leo Doca viajou a Criciúma a convite da Librelato.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS