Agronegócio e construção puxam alta dos implementos rodoviários

Agronegócio e construção puxam alta dos implementos rodoviários

Números dos fabricantes apresentados pela Anfir mostram que setor teve alta de 48,65% no acumulado de 2021

Iveco entrega 25 caminhões Hi-Way para empresa agro
Fevereiro traz condições especiais para a Sprinter
Implementos: pesados seguem em franca expansão

Produtos agrícolas e construção civil. Dois segmentos essenciais para a economia de qualquer país são os elementos que têm feito a indústria de implementos rodoviários superar a crise com mais força, segundo a Anfir, a associação que representa os fabricantes.

Crescimento na crise

Os números da associação mostram que 77% do total de implementos fabricados no Brasil até julho foram destinados a esses dois segmentos, principalmente implementos graneleiros, canavieiros, dolly, de transporte de toras e basculantes.

José Carlos Sprícigo, presidente da Anfir

A Anfir relata que, de janeiro a julho de 2021, o número de implementos fabricados no Brasil foi de 91.943, um aumento de 48,65% em relação ao mesmo período do ano passado. “Tanto o agronegócio quanto a construção civil estão suportando nossa recuperação enquanto a economia retoma seu curso normal. Eles foram os primeiros setores da economia a mostrarem sinais de recuperação. Como um dos termômetros da economia, ao lado do papel ondulado e do caminhão, nosso setor tem refletido esse momento favorável aos negócios”, analisa José Carlos Spricigo, presidente Anfir.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS