Volkswagen começa a fabricar seus caminhões e-Delivery elétricos

Volkswagen começa a fabricar seus caminhões e-Delivery elétricos

Primeiro modelo a ser produzido foi um de 11 toneladas com tração 4x2 e propulsão 100% elétrica que vai ser utilizado pela própria VWCO na frota da empresa

Daimler e Volvo se juntam para produzir células de combustível
Mais 100 Actros para o agronegócio
Volvo torna seus ônibus ainda mais seguros com tecnologia de ponta

A Volkswagen Caminhões e Ônibus trabalhou e o dia chegou. Oficialmente 15 de junho fica marcado como o dia em que a empresa começou a fabricação de seu projeto de caminhões elétricos e-Delivery em escala e em série industrial, na planta de produção de Resende, no Rio de Janeiro.

A data marca também a celebração dos 40 anos da empresa, que iniciou em 1981 com apenas dois modelos de caminhão. Hoje, a montadora briga pela liderança do mercado geral e figura entre os modelos mais vendidos em algumas categorias de caminhões, atuando no mercado de leves até extrapesados. O primeiro caminhão e-Delivery fabricado foi uma versão de 11 toneladas com motor 100% elétrico e tração 4×2, que vai ser utilizado pela própria VWCO em sua frota.

“Criamos um processo sob medida para assegurar uma grande estrutura elétrica de forma eficiente. Vamos produzir os veículos aproveitando ao máximo os recursos já existentes, com um alto nível de sinergia, ao mesmo tempo que garantimos a inovação que o cliente espera e que o produto exige. Todo esse avanço é acompanhando por um amplo trabalho de preparação da cadeia com os envolvidos para viabilizar a mobilidade elétrica no país”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus.

Investimento pesado

Para adequar sua fábrica à produção de caminhões elétricos, a VWCO teve que investir R$ 150 milhões em desenvolvimento de produto e também em estrutura de fabricação. O projeto demandou a criação de uma nova área na fábrica de Resende, um setor dedicado exclusivamente aos veículos elétricos. Batizado de e-Shop, o setor conta com estrutura elétrica completa para os carregadores de alta potência, além do ferramental específico e dos novos procedimentos, que foram passados à equipe em treinamentos.

A fabricação do e-Delivery também se beneficia de todos os ganhos da indústria 4.0 agregados pela VW Caminhões e Ônibus em seu processo desde o lançamento da nova linha Delivery, que conta com um nível de automação de 60% na armação de sua cabine. Também predomina a tecnologia de reconhecimento automático do veículo, com um chip em cada veículo para programação dos robôs.

Falta agora vermos os primeiros modelos saindo da linha de montagem e chegando ao mercado. Qual será seu preço? Como será seu plano de manutenção? Saberemos em breve!

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS