A união faz bons implementos rodoviários

A união faz bons implementos rodoviários

Novo presidente da Associação que representa os fabricantes brasileiros de implementos rodoviários, como Randon, Librelato, Guerra, Rodofort, TruckVan, Noma e tantos outros, assume o cargo para mandato de três anos

Indústria de implementos rodoviários apresenta leve avanço no 1º semestre de 2013
Vendas de implementos rodoviários registram queda no acumulado de 2012
Setor de implementos rodoviários registra queda de 10,98% no acumulado do ano

A Anfir, Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, entidade de 40 anos que trabalha pelas empresas do setor rodoviário, acaba de eleger seu novo presidente para os próximos três anos.

O CEO da Librelato Implementos, José Carlos Sprícigo, será o novo mandatário da associação a partir de agora. Ele é o décimo presidente da história da Anfir e vai assumir o mandato depois de Norberto Fabris, da Randon. O novo presidente é CEO da Librelato desde 2013 e preside também o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas e de Materiais Elétricos do Extremo Sul Catarinense (Sindimetal). É diretor da Associação Empresarial de Criciúma (ACIC) e integra do Conselho de Inovação da Universidade SATC, da Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina.

José Carlos Sprícigo, novo presidente da Anfir

Em conversa com a reportagem do Transporta Brasil Sprícigo revelou sua satisfação e suas apreensões ao iniciar no cargo: “A Anfir é uma entidade nacional com quatro décadas de história na união entre os fabricantes de implementos. Sempre trabalhamos para nortear a representatividade perante os órgãos governamentais e os fornecedores da indústria e buscamos mais eficiência e desenvolvimento para o nosso setor. É um grande orgulho e uma grande responsabilidade assumir este cargo. Em meu mandato, vamos seguir defendendo os interesses do segmento de transporte rodoviário brasileiro e de nossos fabricantes associados e dar continuidade aos trabalhos que estão em andamento, além de abrir novas frentes”, disse o presidente da Anfir.

Por mais infraestrutura

Uma das bandeiras antigas da Anfir que continuará sendo trabalhada pelo novo presidente é o desenvolvimento da infraestrutura rodoviária do Brasil. “O modo rodoviário é de extrema importância para o transporte brasileiro, mas apenas 21,5% das estradas de nosso País são pavimentados. Temos muito o que fazer ainda em infraestrutura, precisamos incentivar a ampliação da área pavimentada de nossas estradas. Assim teremos um transporte mais seguro e eficiente”.

Sprícigo considera que a indústria dos caminhões e implementos no Brasil é bem desenvolvida e oferece produtos de alta qualidade, em contraponto à falta de boas rodovias. “Os caminhões e implementos rodoviários fabricados no Brasil estão entre os melhores do mundo, temos modelos e equipamentos com tecnologia atualizada em relação à Europa e contamos com sistemas avançados como o EBS, de frenagem eletrônica. A missão agora é trabalhar em um amplo plano de renovação de frota para que o caminhoneiro que está com seu veículo desatualizado possa atualizar seu equipamento para fazer melhor seu trabalho de transportar as riquezas da economia brasileira”, complementa o dirigente.

Desafios da Anfir

Ao assumir a presidência da Anfir, José Carlos Sprícigo se depara com uma crise sem precedentes provocada pela pandemia. Os problemas de fornecimento de aço e pneus tiram o sono do fabricante de implementos rodoviários brasileiro, que conta com o apoio da entidade para encontrar soluções. Recentemente, uma associada da Anfir fez a importação de milhares de pneus para seus implementos direto da Índia. “Realmente a questão dos pneus é a mais grave. Tivemos que recorrer a uma solução de fora do Brasil para permitir que nossos associados entreguem seus implementos para os clientes. Tem também a questão do aço, que é a maior de todos os tempos. Hoje, o preço do aço está com aumento da ordem de 130%. Contamos com nossa atuação na interlocução com o Governo e com as associações que representam os nossos fornecedores para buscar a solução destes e outros problemas o mais rapidamente possível. Participamos de grupos de discussões e de debates com os fabricantes de aço e também com o Ministério da Economia. A Anfir segue trabalhando fortemente para cumprir o seu papel”, conclui o entrevistado.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS