Mercedes-Benz vende 30 Novos Actros 2651 para a Transportes Botuverá

Mercedes-Benz vende 30 Novos Actros 2651 para a Transportes Botuverá

Lote de caminhões também inclui 8 unidades do Axor 2544 com tração 6x2. Empresa foi uma das parceiras da Mercedes a testar os novos caminhões com motorização de 530 cavalos

Caminhões Volvo da mesma geração da Europa no Brasil
Vipal gera conhecimento para gestores de frota
Volvo comemora recorde na venda de seminovos em 2020

A Transportes Botuverá acaba de comprar um lote de caminhões Mercedes-Benz. De acordo com a fabricante, 30 unidades são do modelo Novo Actros 2651 com tração 6×4 e oito são Axor 2544 6×2. O negócio foi fechado para aumentar a frota disponível da transportadora nas operações com cargas de soja e milho, além de fertilizantes, defensivos, pluma de algodão, açúcar e combustíveis.

A empresa de Rondonópolis, no Mato Grosso, opera no coração da região produtora de grãos e diversas outras riquezas do agronegócio, com alta demanda por caminhões extrapesados. O pessoal da Botuverá aposta no Novo Actros 2651. Eles fizeram testes com os caminhões novos da Mercedes-Benz. “O 2651 nos surpreendeu positivamente no período de testes, atendendo nossas expectativas em relação a desempenho, durabilidade, consumo de combustível e conforto para os nossos motoristas, que também estão muito satisfeitos. Esse Mercedes-Benz é um caminhão diferenciado. Com ele, a marca volta a ter um produto muito competitivo no setor do agronegócio, o que nos levou a escolher o Novo Actros 2651 nessa renovação de frota”, conta o cliente, Adelino Bissoni, que é diretor executivo da Transportes Botuverá.

Negócio completo

A compra foi conduzida por meio da concessionária Mercedes-Benz Rodobens, de Rondonópolis, e incluiu financiamento 100% pelo Banco Mercedes-Benz, além de contrato de manutenção para 38 caminhões, com sistemas de serviço digital de telemetria Fleetboard. Atualmente, a Botuverá trabalha com uma frota própria de 200 caminhões pesados, mas utiliza o serviço de mais de dois mil agregados todo mês. Tudo para atender aos clientes da transportadora em todo o Brasil.

Testes com o mais potente

Além da recente compra de cavalos-mecânicos novos, a Botuverá tem outra parceria com a Mercedes-Benz: a transportadora vem testando, há cerca de seis meses, a versão mais potente do Novo Actros, o caminhão 2653 6×4, equipado com o novo motor de 530 cavalos de potência. O mais potente da Mercedes no Brasil.

“É um privilégio para a Botuverá ser a primeira empresa de transporte do Brasil a experimentar o Novo Actros de 530 cavalos, que vem sendo utilizado no transporte de grãos e outros produtos”, afirma Adelino Bissoni. “Agradeço a parceria com a Mercedes-Benz. É uma honra participar novamente de testes com caminhões da marca em nossas operações”.

Feito para a brutalidade do transporte brasileiro

O Novo Actros com 530 cavalos tem motor OM 471 que desenvolve torque máximo de 2.600 Nm a 1.100 rpm. A transmissão é a Mercedes-Benz G291 automatizada. O caminhão traz o sistema MirrorCam, que dispensa os tradicionais espelhos retrovisores e utiliza câmeras digitais de alta resolução e telas internas para a visualização do motorista, acabando com os pontos cegos. Além disso, ele tem suspensor de eixo na versão 6×4 e Piloto Automático preditivo, que promete redução de até 12% no consumo de diesel. “Esse novo motor é mais um marco para a Mercedes-Benz no Brasil. Nós fomos até as instalações dos clientes e percebemos que para realizar algumas operações rodoviárias específicas, eles precisavam de um motor mais potente e econômico. Dessa forma, desenvolvemos o OM 471, que oferece alto torque com baixa rotação, redução no consumo de combustível e baixo custo operacional durante seu ciclo de vida devido a longos intervalos de manutenção”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

 

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS