DHL aposta em frota elétrica para operações no Brasil

DHL aposta em frota elétrica para operações no Brasil

Empresa fecha negócio com a Renault para carros elétricos e testa o novo caminhão zero emissões trazido da China pela JAC Motors

Fretebras cria sistema de avaliação entre empresas e caminhoneiros
Azul entra para a ponte aérea com 34 voos diários entre SP e RJ
Delivery 11.180 ou Cargo 1119: qual você escolhe?

A DHL Supply Chain tem investido pesado em suas frotas de operações urbanas com emissões zero, totalmente movidas a eletricidade. Prova disso é a compra de mais cinco Renault Kangoo Z.E. elétricos.

De acordo com a operadora, esta compra faz parte da política sustentável da empresa, batizada de Go Green, que consiste nos esforços para a redução dos impactos ambientais em suas operações logísticas. A meta, segundo a DHL, é zerar as emissões de CO2.

“Além de descarbonizado, trata-se de um transporte mais humanizado. Isso porque os carros elétricos fazem parte do grupo de veículos denominado ‘zero emissão’, ou seja, cujo combustível não emite quaisquer gases nocivos ao meio ambiente, contribuindo, assim, com as metas de redução de CO2 de clientes e da própria DHL. Outras vantagens são a redução da poluição sonora e a ausência de restrições de circulação nos centros urbanos. Com os novos veículos, poderemos levar esta solução para uma gama maior de clientes e regiões geográficas”, diz Fábio Miquelin, Head de Transportes da DHL Supply Chain no Brasil.

O Kangoo Z.E. tem motor elétrico de 44kW (60 cv) com uma autonomia de 200 quilômetros e capacidade de carga de 670 quilos. Para recarga, a DHL Supply Chain dispõe de pontos especiais em Louveira (munícipio localizado entre Campinas e São Paulo Capital) e em Duque de Caxias (região metropolitana do Rio de Janeiro). Os veículos são destinados a entregas urbanas, de pequenos volumes e baixa concentração, sendo utilizados especialmente em caixas e pacotes com destino a shopping centers, lojas de rua e farmácias.

“Atendemos principalmente clientes das áreas de sportswear, moda, itens de consumo básico, beleza e medicamentos, mas essa solução sustentável pode atender uma gama variada de indústrias. Esse serviço pode fazer parte de soluções amplas de armazenagem e distribuição, como ser contratado de forma independente. Inclusive, já estamos conversando com várias marcas reconhecidas interessadas em agregar um transporte verde a sua logística”, explica Fábio Miquelin.

Teste com caminhão elétrico

A DHL também está testando um caminhão com Peso Bruto Total de 7,5 toneladas 100% elétrico. Trata-se do caminhão urbano da JAC Motors, o iEV1200T. O veículo tem 200 km de autonomia, obtidos por intermédio de baterias de fosfato de ferro-lítio com 97 kWh de carga máxima. O JAC iEV1200T possui 177 cv de potência e 1200 Nm (122,4 kgfm) de torque.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS