Fábrica da Iveco em Sete Lagoas (MG) celebra 20 anos de história

Fábrica da Iveco em Sete Lagoas (MG) celebra 20 anos de história

Complexo industrial produz desde furgões para o transporte leve de cargas até caminhões extrapesados e veículos militares

Meritor compra empresa para atacar off-road
Metalock faz reparo em radar de navegação aquaviária no Rio de Janeiro
Caminho da Escola ganha mais de 800 ônibus MB

A Iveco, que faz parte Grupo CNH Industrial, celebra uma marca importante de sua história: sua fábrica em Sete Lagoas, Minas Gerais, acaba de completar 20 anos de produção. Inaugurado em 2000, o complexo industrial recebeu investimentos de quase R$ 600 milhões e produz, desde então, utilitários leves da família Daily e caminhões Tector, Hi-Road e Hi-Way, além de veículos militares para o Exército Brasileiro, com o blindado Guarani. Nos ônibus, a unidade fabrica os chassis 10-190 e 170S28.

Início com os leves

Segundo a Iveco, a história da fábrica de Sete Lagoas começou com a fabricação dos veículos leves, principalmente da família Daily. Depois, expandiu sua capacidade para a fabricação de caminhões médios e pesados e chassis de ônibus. No ano de 2013, começou sua unidade de veículos de defesa.

“Desde o início da operação produzimos aproximadamente 400 mil unidades de caminhões. Destaco também a expertise da marca envolvida na produção de cabines”, afirma Izidro Penatti, diretor do Complexo Industrial da IVECO em Sete Lagoas.

A unidade foi totalmente planejada a partir dos conceitos do World Class Manufacturing (WCM), que significa Produção de Classe Mundial. O WCM é um dos mais elevados padrões da indústria de fabricação global para o gerenciamento integrado de fábricas e processos de produção. “É um sistema estruturado em pilares com base na melhoria contínua, projetado para eliminar os desperdícios e as perdas no processo de produção por meio da identificação de objetivos e metas, como zero acidentes, zero defeitos, zero avarias e zero desperdício”, explica Izidro.

Campo de provas

Também em Sete Lagoas, dentro dos domínios da fábrica, fica o Campo de Provas da Iveco, que foi inaugurado em 2015. Ele tem uma pista de alta velocidade com 1.600 metros e pistas para medição de ruídos, testes de frenagem, suspensão e direção. Todo o projeto custou R$ 24 milhões, segundo a Iveco. A pista já realizou cerca de quatro mil testes com 342 protótipos desenvolvidos pela Iveco, que enfrentaram avaliações de resistência e durabilidade.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS