Iveco apresenta caminhão que rodou dois milhões de km

Iveco apresenta caminhão que rodou dois milhões de km

Stralis fabricado em 2007 e equipado com o motor FPT Cursor 13 atingiu a alta quilometragem sem manutenções severas, apenas com a troca de óleo, filtros e manutenção preventiva regular

Tecnologia simples ajuda a recuperar carga de R$ 250 mil
Volvo tem nova casa em Santa Catarina
Iveco quer conquistar o Paraguai

A Iveco fez de novo e trouxe mais um caminhão que ultrapassou marcas milionárias de quilometragem sem a realização de manutenções severas no motor. Desta vez, a empresa destacou o Iveco Stralis HD 380 4×2 do Marcos Valério do Nascimento, caminhoneiro paranaense de Ivaiporã.

O caminhão do Marcos tem motor Cursor 13 da FPT e atingiu dois milhões de quilômetros rodados apenas realizando as manutenções normais, como troca de óleo e de filtros. Segundo a Iveco, o caminhão tem ano de fabricação 2007 e roda por aí fazendo o transporte de tecidos. Marcos está satisfeito com seu caminhão e declarou: “Quando eu for trocar de caminhão, com certeza vou comprar outro Iveco”, disse o transportador.

Produto forte para o transporte brasileiro

Para Bernardo Pereira, gerente de Marketing de Produto da Iveco, o desempenho do Stralis mostra o DNA forte da marca. “Nossos caminhões têm apresentado uma alta durabilidade e, nas novas linhas, temos produtos com melhorias e ainda mais aptos para o trabalho, como os modelos das linhas Hi-Road e Hi-Way. Eles mantêm o DNA de uma linha robusta e pronta para qualquer operação”, afirma Pereira.

Motor durável

O FPT Cursor 13 equipa os caminhões pesados da Iveco e tem demonstrado alta durabilidade. Segundo a fabricante, o projeto do motor foi feito para entregar máximo desempeno sob alta exigência, com consumo de combustível reduzido. A FPT destacou que os motores Cursor 13 têm turbocompressor de geometria variável, injeção Common Rail de alta pressão e tecnologias modernas de pós-tratamento. Nos modelos Stralis, como o do Marcos Valério, o motor tem versões de 330 a 480 cavalos de potência.

“Estes e outros exemplos de alta quilometragem demonstram na prática a durabilidade dos motores FPT Industrial, projetados para atender condições extremas em diferentes aplicações. Com a manutenção adequada, seguindo o manual de manutenção, utilizando peças e fluídos genuínos homologados pela marca, você pode ter a certeza de ir mais longe”, conclui o diretor de Engenharia da FPT Industrial, Alexandre Xavier.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS