Embraer já entregou 1600 E-Jets desde 2004

Embraer já entregou 1600 E-Jets desde 2004

Unidade do E190-E2 entregue à Helvetic Airways, da Suíça, mesmo em tempos de crise do vírus, registra a marca impressionante da fabricante brasileira no mercado de aviação comercial

Novo trem usado na expansão do Metrô-SP tem tecnologia de avião
Avianca Cargo adquire aeronave Airbus A-330-200
Amyris e Solazyme fornecerão bioquerosene para a aviação civil

A Embraer é um orgulho nacional e, desde 2004, já entregou para seus clientes o impressionante número de 1.600 jatos comerciais. A aeronave de número 1 foi entregue em 2004 para a LOT Polish Airlines, da Polônia, um modelo ainda da geração anterior, o E170.

A aeronave de número 1.600 é um moderno E190-E2, da nova geração de jatos comerciais da fabricante brasileira, e acaba de ser entregue para a operação da Helvetic Airwais, companhia aérea da Suíça. Este é o quinquagésimo modelo Embraer na frota da Helvetic.

Tradição no mundo

Nesses 16 anos de história da família de jatos para a aviação comercial da Embraer, um total de 100 empresas aéreas e de leasing de 50 países diferentes compraram os aviões E-Jets brasileiros.

Este modelo transformou a aviação comercial no segmento de 70 a 150 assentos. Segundo a fabricante e seus clientes, os E-Jets são aeronaves que voam com baixo custo e muita versatilidade. Por isso, são escolhidas por grandes empresas aéreas e também por operadores do transporte regional.

Até hoje, os E-Jets da Embraer já acumulam 30 milhões de horas voadas com uma taxa de cumprimento de missões de 99,9% e nenhum acidente com vítimas mortais.

Nova geração – E2

Em 2018, a Embraer lançou no mercado a nova geração de seus E-Jets, batizada de E2. São jatos de segunda geração de alta eficiência. A aeronave entregue à Helvetic tem 110 assentos e faz parte da família E2, é um modelo E190-E2 que consome 17,3% menos combustível do que um modelo E190 da primeira geração.

Atualmente, segundo a Embraer, seis empresas aéreas voam com os jatos da geração E2 nos Estados Unidos, Europa e na China. Segundo os operadores, o modelo da nova geração tem a capacidade ideal para satisfazer a fraca demanda que ainda impera no mercado aéreo por causa da pandemia de Covid-19.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS