DAF já financiou mais de mil caminhões com banco próprio

DAF já financiou mais de mil caminhões com banco próprio

Paccar Financial completou um ano de operações no Brasil e já ofereceu mais de meio bilhão de reais em financiamentos

Ano novo, Marcopolos novinhos
BOA NOTÍCIA: Famosa rede de fast food distribui refeições para caminhoneiros brasileiros
Híbrido Scania é solução noturna

O braço financeiro da DAF Caminhões no Brasil, Paccar Financial, acaba de completar um ano de operações no Brasil, com um saldo de mais de mil unidades de caminhões financiadas e uma carteira de R$ 562 milhões em financiamentos concedidos aos clientes brasileiros.

Responsável por um terço de todas as vendas da DAF no período, o banco próprio mostrou sua importância no crescimento da marca no Brasil neste último ano. Segundo a DAF, desde o começo de sua operação, em junho do ano passado, a Paccar Financial registrou crescimento, atingindo R$ 495 milhões em negócios no final do ano e saltando para R$ 562 milhões em maio de 2020, um crescimento de 14% em 5 meses.

Boas perspectivas

João Petry, diretor Geral da Paccar Financial no Brasil

A DAF espera que a Paccar Financial termine o ano de 2020 com R$ 700 milhões em negócios na sua carteira, um crescimento de 41%. “Começamos a operação da PACCAR Financial com um aporte inicial de R$ 100 milhões de reais, que logo já teve que ser ampliado para atender à demanda do mercado nacional. O cliente DAF, rapidamente, entendeu que a PACCAR Financial é um grande aliado para o planejamento financeiro do seu negócio, com condições de crédito para financiamento de caminhões muito competitivas”, acrescenta João Petry, diretor Geral da PACCAR Financial no Brasil.

Serviços financeiros para suporte ao transportador

De acordo com a Paccar Financial, os serviços oferecidos pelo banco são CDC (Crédito Direto ao Consumidor) e Floor Plan, esse voltado exclusivamente à Rede de Concessionárias DAF. De junho de 2019 a maio de 2020, 56% das operações do Banco foram de CDC e 44% floorplan. A expectativa é que esta relação seja ampliada, crescendo as operações de varejo nos próximos meses.

A partir do ano que bem, o banco planeja iniciar o trabalho com o financiamentos ligados ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), como o Finame e também existe plano para trabalhar com leasing. “Com a queda da taxa básica de juros, o CDC vem se mostrando uma modalidade de crédito bastante competitiva frente às linhas do BNDES, o que vem atendendo às necessidades dos nossos clientes. De qualquer maneira, estamos trabalhando para o lançamento do Finame em 2021, ampliando nosso portfólio de produtos, a fim de nos tornarmos ainda mais competitivos no mercado”, acrescenta João Petry.

O banco vai trabalhar com condições especiais para o cliente DAF, aplicando taxas de juros que começam em 0,67% ao mês, em contratos de CDC com prazos de 60 meses (valor praticado em junho de 2020). “Mesmo diante do cenário econômico abalado pela pandemia, avaliamos que a inadimplência da nossa carteira deve continuar inferior à média do mercado. Investimos bastante em avaliação de risco e mantemos o DNA do grupo de relacionamento com os clientes, que nos possibilita avaliar caso a caso e, se necessário, auxiliar em renegociações de contratos, sem que o cliente precise ficar inadimplente”, finaliza Petry.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS