Fabricantes de implementos abrem diálogo com o BNDES para linha de crédito especial na pandemia

Fabricantes de implementos abrem diálogo com o BNDES para linha de crédito especial na pandemia

Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, Anfir, entrou em contato com o banco para solicitar ajuda aos associados afetados pela quebra na economia

MDIC afirma que aprovará programa de renovação de frota de caminhões
Indústria de implementos rodoviários comercializa 161.286 unidades de janeiro a novembro
Implementos rodoviários registram aumento de 6,89% nas vendas de janeiro a agosto

A Anfir, associação que representa os fabricantes de implementos rodoviários, está preocupada com os efeitos da pandemia causada pelo novo Coronavírus na economia e tem trabalhado para atenuar seus efeitos nas empresas associadas.

A investida mais recente da entidade foi entrar em contato com o BNDES e com a Apex-Brasil, que fomenta as exportações, para ajudar os fabricantes nacionais a obter financiamentos e investimentos e a participar de programar de incentivo a exportações.

Garantias em excesso

Norberto Fabris, presidente da ANFIR

O presidente da Associação, Norberto Fabris, realizou reunião por videoconferência esta semana com o BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Social, para pedir apoio às empresas mais afetadas. No encontro, Fabris expôs a situação do setor, que sofre com as instabilidades da economia desde 2015. “A crise provocada pelo COVID-19 frustrou nossos planos porque atingiu todos os setores econômicos em cheio“, diz Fabris. Para ele, os bancos comerciais têm exigido garantias em excesso e não estão ajudando as empresas. “Eles não querem emprestar por terem receio da inadimplência devido a grande queda do PIB que está ocorrendo“, afirma Fabris.

A proposta dos fabricantes é pedir ao banco que estude uma solução especial de crédito para destravar a concessão de financiamentos junto aos operadores das linhas do Banco oficial.

Em resposta, o diretor de Participações, Mercado de Capitais e Crédito Indireto do BNDES, Bruno Laskowsky, informou que o governo já estuda uma Medida Provisória para regular um fundo garantidor especial denominado FGI. O objetivo é servir como garantia para as operações dos agentes financeiros parceiros do BNDES. O FGI vai englobar todas as operações de credito feitas pelas operações indiretas do BNDES. Isso representa cerca de R$ 100 bilhões.

Turbinando as exportações

No mesmo dia, os representantes dos fabricantes de implementos rodoviários conversaram também com a Apex-Brasil, agência do governo federal responsável por promover as exportações. O pedido da Anfir é para que seus associados continuem participando do programa MoveBrazil, que tem como objetivo promover as vendas brasileiros de produtos fabricados no Brasil para diversos países, em diferentes regiões. Participaram também do encontro outras 30 entidades. Para a Anfir, o programa de fomento às vendas para outros país é importante para fortalecer a imagem dos produtos brasileiros lá fora, promovendo comercialmente as empresas participantes por meio de feiras e rodadas de negócios.

Continue acompanhando as notícias do transporte e da indústria aqui na Agência Transporta Brasil! Assista às nossas transmissões ao vivo, de segunda a sexta, em dois horários: 15h30 e 18h30 (horário de Brasília).

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS