Série 2000 dos caminhões Volkswagen completa 20 anos

Série 2000 dos caminhões Volkswagen completa 20 anos

Caminhões foram os primeiros a serem projetados e fabricados em linha completa na então recém-inaugurada fábrica de Resende, no Rio de Janeiro

Metalock faz reparo em radar de navegação aquaviária no Rio de Janeiro
Marcopolo investe em novo centro de produção
Brasil já emplacou 46.867 caminhões em 2019

A Volkswagen Caminhões e Ônibus comemora as duas décadas de lançamento da Série 2000 de caminhões. De acordo com a empresa, o lançamento da linha marcou o primeiro grande projeto da VW no Rio de Janeiro e a estreia da engenharia e da linha de produção completa da fábrica de Resende.

Consórcio Modular engatinhava

A linha de caminhões foi a primeira a ser produzida no modelo do Consórcio Modular, sistema de trabalho no qual a Volkswagen faz a supervisão do trabalho das empresas que botam a mão na massa na manufatura dos veículos. Este consórcio foi responsável pela fabricação dos caminhões de 7 a 40 toneladas, que eram equipados com motores mais potentes e tinham maior capacidade de carga e tecnologia do que a linha anterior.

Nos leves, os caminhões ganharam grades e para-choques novos. A partir dos médios, até os extrapesados, os caminhões tiveram diversas mudanças, como para-choque tripartido, para-lamas, grade e difusores laterais com novo desenho, em plástico injetado, e faróis redondos duplos, que marcaram a identidade visual destes veículos no mercado.

Menos você não quer, mais você não precisa

A Série 2000 de caminhões VW também marcou o início da filosofia da empresa em oferecer produtos sob medida para seus clientes, realizando modificações e parametrizações modulares para atender a cada tipo de operação, tudo com tecnologia desenvolvida no Brasil.

Série boa de vendas

E os caminhões desta série não fizeram feio no mercado. Pelo contrário! Bateram recorde, com 16 mil unidades vendidas em um ano. Destaque para os modelos de 16 e 17 toneladas, que morderam 25% de seu mercado, e para o grande campeão, o caminhão de 13 toneladas, que dominou 37% de seu segmento.

“O cliente não pagava, e continua não pagando, pela oferta de um produto sob medida. Esse lançamento histórico demonstrou, mais uma vez, a nossa preocupação com o cliente. Os seguidos recordes de vendas que a VWCO conquistou foram resultado do reconhecimento sobre a qualidade dos produtos, do excelente desempenho da rede de concessionários e da fábrica de Resende, que completava 4 anos de sucesso”, destaca Ricardo Alouche, Vice-Presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da montadora.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS