Carregadeira elétrica da Volvo para uso florestal é testada com sucesso na Europa

Carregadeira elétrica da Volvo para uso florestal é testada com sucesso na Europa

Empresa alemã de cultivo florestal, jardinagem e paisagismo está testando a primeira carregadeira de rodas compacta elétrica da Volvo

Santos Brasil cria centro tecnológico para controle de operações em Santos (SP)
Nova geração Scania já chega ao pódio dos mais vendidos
Plantão Covid-19 – episódio 52 – Marketing e digitalização: Librelato

Focada em sustentabilidade e em novas tecnologias ambientais, a Leick Baumschulen é o primeiro cliente do mundo a testar a nova máquina verde da Volvo. A empresa se interessou pelos principais atributos da L25 Electric, como funcionamento silencioso, operação livre de emissões de gases e grande facilidade de manutenção. Os operadores usam carregadeiras compactas de rodas diariamente em muitas aplicações, desde o manuseio de pallets e carregamento de material até classificação e varredura.
A Volvo L25 Electric é alimentada por baterias de íon-lítio que cobrem um turno de trabalho de oito horas com apenas uma única carga nas aplicações padrão, como trabalhos de infraestrutura leve, jardinagem, paisagismo e agricultura. Ela tem dois motores elétricos dedicados para os sistema de transmissão e hidráulico. O desacoplamento dos subsistemas levou a uma maior eficiência na máquina inteira.

“Essa variedade de tarefas é o cenário perfeito para testarmos a L25 Electric com o cliente”, diz Paolo Mannesi, gerente global de produtos e carregadeiras de rodas compactas da Volvo CE. Os operadores da Leick Baumschulen dizem que a L25 Electric funciona como uma máquina convencional movida a diesel, mas com os benefícios da eletrificação. “Tem um excelente desempenho e ótimo design. Opera como uma carregadeira tradicional, mas com maior conforto para o operador e o entorno, é silenciosa, tem menos vibração e a manutenção e menor”, declara Christoph Leick, coproprietário da Leick Baumschulen.

O funcionamento silencioso é uma das maiores vantagens. “Também operamos a máquina para transportar plantas em nossa área de exposições, onde as pessoas entram e saem. Com esta máquina, há mais conforto para nossos clientes e funcionários, pois o nível de ruído é muito menor. Podemos inclusive conversar com nossos clientes, mesmo com a carregadeira operando nas proximidades”, observa.

A máquina também requer menos manutenção, pois não possui motor diesel. Não é necessário verificar o óleo e o líquido de arrefecimento todos os dias, ou reabastecer o combustível, e pode ser recarregada durante a noite. Só é preciso conectar uma extremidade do carregador na máquina e a outra em uma tomada doméstica normal.

A carregadeira de rodas compacta da Volvo está sendo testada pela Leick Baumschulen em sua fase piloto. A máquina estará disponível para venda geral a partir de meados de 2020, quando a Volvo CE interromperá o desenvolvimento de novos modelos de carregadeiras de rodas compactas L20 a L28 com motores a diesel.

Por Ricardo Panessa, especial Agência Transporta Brasil

Agência Transporta Brasil (ATB)
agencia@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS