Financiamento de pesados novos tem alta de 37,7%

Financiamento de pesados novos tem alta de 37,7%

Vendas a crédito de veículos pesados novos e usados avançam no acumulado dos três primeiros meses do ano

Scania fabrica caminhões e tem floresta
Vendas de caminhões seguem em ritmo de crescimento
Volksbus na rota do socioassistencial

No primeiro trimestre de 2019, as vendas financiadas de veículos pesados somaram 60.097 unidades entre novos e usados. Esse número representa um aumento de 22,4% em relação ao primeiro trimestre do ano anterior quando foram financiados 49.083 veículos novos e usados.

Os dados incluem caminhões, ônibus e implementos rodoviários.

Se for contabilizar as vendas a crédito apenas de caminhões e ônibus 0 km, a alta é ainda maior de 37,7%.

Só em março foram financiadas 20.739 entre pesados novos e usados ante as 18.816 unidades vendidas em março de 2018. Isso significa um aumento de 10,2%.

Modalidades

O CDC foi a modalidade mais usada para o financiamento de veículos comerciais entre novos e usados, e se comparar o primeiro trimestre de 2019 frente a 2018 houve um crescimento de 26,8%. Nos primeiros três meses deste ano foram financiadas 49.913 equipamentos entre caminhões, ônibus e implementos rodoviários pelo CDC, enquanto que em 2018 foram 39.359 em igual período.

Os veículos novos puxaram o coro. Foram financiadas entre janeiro e março deste ano 21.854 unidades, ante as 15.512 unidades em igual período de 2018, entre caminhão, ônibus e implementos rodoviários novos. O aumento foi de 40,9% neste primeiro trimestre em relação ao passado.

Já com relação aos veículos usados, independente da idade média, o CDC foi responsável por 28.059 dos financiamentos nestes três primeiros meses do ano, um aumento de 17,7% em relação a igual período ano passado, quando foram financiados pela modalidade 23.847 equipamentos.

Os veículos comerciais com até 3 anos de uso também tiveram crescimento expressivo nas vendas via CDC de 29,0%. Foram 2.570 unidades registradas neste primeiro trimestre em relação as 1.993 unidades financiadas no primeiro trimestre do ano passado.

Os números são da B3, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil.

Andrea Ramos, Editora-executiva da Agência Transporta Brasil
andrearamos@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS