Economia de 7% no diesel é carro-chefe do FH com sistema I-Save na Europa

Economia de 7% no diesel é carro-chefe do FH com sistema I-Save na Europa

De olho em fornecer eficiência de combustível, a Volvo apresentou o FH com o sistema I-Save que, combinado com o novo motor D13TC, pode reduzir os custos de combustível em até 7%.

Sascar divulga novos trajetos do Caminhão Odonto
MAN e Solví desenvolvem caminhão protótipo voltado para coleta de lixo
DAF comemora 2º ano de produção do caminhão XF105 no Brasil

Com a economia aquecida, a demanda por transporte em toda a Europa está crescendo. Isso leva os caminhões a cobrir distâncias cada vez maiores. O novo lançamento da Volvo no mercado europeu combate os custos dos operadores logísticos da região com combustível, um dos principais vilões no custo operacional: o FH com I-Save (algo com o sentido de “Eu Economizo”, em tradução livre).

“É a nossa resposta para este desafio”, afirma Roger Alm, Presidente da Volvo Trucks. “É uma solução que combina nossa mais recente tecnologia para reduzir substancialmente o consumo de combustível em operações de longa distância. E isso sem comprometer a dirigibilidade ”, explica o executivo.

O responsável pelo ganho de eficiência em 7% é o novo motor D13TC. Ele tem pistões com um interior em forma de onda patenteado, design que melhora a combustão e aumenta a eficiência ao direcionar calor e energia para o centro dos cilindros. O excesso de energia nos gases de escape é então usado para alimentar o motor através de uma turbina adicional no fluxo de escape, chamada de unidade Turbo Compound.

Além disso, o novo motor exerce 300 Nm a mais de torque, o que significa menos aceleração e combustível para manter uma velocidade constante no tráfego rodoviário. Outros recursos do I-Save incluem novos eixos traseiros de baixo consumo de combustível, um sistema I-See (disponível no Brasil) baseado em mapas atualizado que analisa e se adapta à rota e inclui software de troca de marchas otimizado para aplicações de longa distância.

“Nós adaptamos todos os aspectos do I-Save para atender os operadores de longa distância, especialmente aqueles que normalmente dirigem mais de 120.000 km por ano”, diz Mats Franzén, diretor de estratégia de trem de força na Volvo Trucks. “Quanto mais tempo eles dirigem, mais eles podem economizar. É um motor potente que proporciona uma experiência de condução suave e eficiente em termos de combustível.”

COMMENTS