Porto de Tubarão (ES) recebe navio da nova geração de Valemax

Porto de Tubarão (ES) recebe navio da nova geração de Valemax

Empresa de celulose investe R$ 54,4 mi na modernização do transporte marítimo de madeira
Cachoeiro do Itapemirim (ES) recebe nova planta da Lucky
Rodovia BR-262 pode virar avenida municipal em Cariacica (ES)

Embarcação conta com capacidade de carregamento de até 400 mil toneladas

O Porto de Tubarão, localizado em Vitória (ES), recebeu, neste domingo (20/5) o navio Ore Tianjin que, na ocasião, fazia a sua viagem inaugural. Este é o segundo exemplar da nova geração de VLOCs (Very Large Ore Carriers), chamado de “Valemax”. A embarcação conta com capacidade de carregamento de até 400 mil toneladas e foi construída a partir de uma iniciativa da Vale.

A operação consistiu e um carregamento de 388 mil toneladas de minério de ferro, que irão para o mercado asiático.

Os novos VLOCs emitem entre 15% a 20% menos gás carbônico que os Valemaxes da primeira geração, cujas operações tiveram início em 2011.

Os outros 30 navios de 400 mil toneladas serão entregues aos armadores até o fim de 2019. Além desses, a Vale negocia contratos que resultarão na construção de novos navios de 325 mil toneladas, os chamados Guaíbamax.

“Consideramos que esses navios incorporam o estado da arte em termos de eficiência e de inovação ambiental na área. O Guaíbamax, por exemplo, será equipado também com um sistema de limpeza de gases de descarga que permitirá eliminar em até 99% a emissão de enxofre na atmosfera”, explica a diretora de Navegação da Vale, Renata Costa.

Entre 70% e 74% dos grandes navios que transportam cargas da Vale – ou seja, com capacidade acima de 180 mil toneladas – fazem a rota Brasil-China.

COMMENTS