Petrobras reajusta preços do diesel e da gasolina

Estatal alega que medida foi tomada principalmente por causa da elevação dos valores dos derivados nos mercados internacionais

Brasil tem custo real de diesel mais baixo que nações desenvolvidas
Câmara analisa projeto que estabelece Política Nacional de Transporte Rodoviário de Combustíveis
Para evitar colapso irreversível, livre utilização de combustível fóssil deve ser banida até 2100

petrobras-reajuste-refinaria

O Grupo Executivo de Mercado e Preços da Petrobras decidiu reajustar o preço do diesel nas refinarias em 4,3% e o da gasolina em 2,2%, em média. Novo reajuste já está valendo desde o dia 21/4.

Em nota, a estatal explicou que a medida foi tomada principalmente por causa da elevação dos preços dos derivados nos mercados internacionais desde a última decisão de preço, que mais que compensou a valorização do real frente ao dólar.

Se o ajuste feito for todo repassado ao consumidor, o diesel pode subir 2,9% por cento, ou cerca de 0,09 real por litro, em média, e a gasolina, 1,2%, ou 0,04 real por litro

“É preciso destacar ainda que o comportamento dos preços de derivados foi marcado por volatilidade nos mercados internacionais em resposta a evento geopolítico, como o ocorrido na Síria. Os novos preços continuam com uma margem positiva em relação à paridade internacional, conforme princípio da política anunciada, e estão alinhados com os objetivos do plano de negócios 2017/2021”, destacou a estatal.

COMMENTS