Nissan do Brasil atinge marca de 10 mil veículos produzidos para mercado externo

Unidade exporta para mercado latino americano desde março de 2016

Cuiabá (MT) decide até o final do ano se terá rodízio de veículos
Motorista gastará R$ 10 para abastecer carro elétrico em SP
Fabricação de caminhões despenca 75% em janeiro, mas vendas crescem 6%

nissan-do-brasil

A montadora Nissan está comemorando a marca dos 10 mil veículos produzidos na fábrica brasileira de Resende (RJ) destinados à exportação. O modelo que completou o volume foi um versa, que será enviado para o Chile.

Empresa iniciou os embarques de seus modelos para vendas fora do Brasil em março de 2016.

O maior importador da planta brasileira é a Argentina, seguido do Chile. Outros mercados que recebem Versa e March produzidos por aqui são Bolívia, Costa Rica, Panamá, Paraguai e Uruguai.

“Estamos nos preparando para uma crescente demanda, que poderá transformar Resende num polo de exportação ainda mais poderoso. O potencial do mercado da América Latina significa muito para a Nissan e a expectativa é aumentar o volume neste ano”, afirma o vice-presidente de operações e manufatura da Nissan no Brasil, Hitoshi Mano.

COMMENTS