DNIT trabalha em 11 projetos de restauração de trechos de rodovias no Centro-Oeste

Trabalhos correspondem às BRs 158, 163 e 364, utilizadas para escoar safra de grãos

Passaredo suspende temporariamente operações em aeroporto no TO
Goiânia restringe caminhões pesados no centro
Expansão de malha da Ferroeste está prevista para 2014

dnit-centro-oeste

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) está com 11 projetos em licitação para restauração e manutenção das BRs 158, 163 e 364. As obras vão abranger um total de aproximadamente 1.900 quilômetros nos estados do Mato Grosso, Pará e Rondônia e terão investimento de mais de R$ 1,4 bilhão.

A ideia primordial, segundo a autarquia, é aprimorar as condições de escoamento da safra de grãos do centro-oeste brasileiro.

Ainda há nove projetos aptos a serem licitados nas mesmas rodovias, que correspondem a outros 993 quilômetros serão recuperados. O DNIT também tem outros cinco projetos em fase de elaboração. No total, os projetos em licitação, aptos a licitar e em elaboração, recuperarão 3.409 mil quilômetros numa rota de escoamento de produção de soja e milho. O investimento total está estimado em mais de R$ 2,2 bilhões.

Para se ter noção da quantidade de carga que passa pelas rodovias do chamado Arco Norte, na safra de 2014/2015, por exemplo, mais de 16 milhões de toneladas de milho e soja foram exportadas.

COMMENTS